A CBTU informa que está em constante monitoramento da situação do Coronavírus na PB e no país, a fim de definir estratégias capazes de mitigar os riscos de transmissão do vírus no sistema de trens urbanos de João Pessoa, realizou, na tarde desta sexta-feira (20), uma reunião que contou com a presença de todo o corpo diretor, superintendentes e representantes de áreas estratégicas da Companhia de todo o país.

Na ocasião, foi decidido, com o objetivo de fornecer um equilíbrio entre prover à população e profissionais da saúde atendimento ao transporte e promover incentivo para que a maior parte da população fique em casa, que a partir deste sábado (21/03/20), a CBTU João Pessoa irá operar por tempo indeterminado somente nos seguintes horários:

De Santa Rita à Cabedelo: Inicia viagem em João Pessoa às 07h01. Depois de Santa Rita parte às 07h54; 08h48 – este último encerra viagem em João Pessoa. À tarde recomeça às 14h (partindo de João Pessoa), depois parte de Santa Rita às 14h54 e 15h58 – este último encerra viagem em João Pessoa.

De Cabedelo à Santa Rita: Inicia viagem em João Pessoa às 07h15. Depois parte de Cabedelo às 07h42; 09h05 – este último encerra viagem em João Pessoa. À tarde recomeça às 14h15 (partindo de João Pessoa), depois parte de Cabedelo às 14h42 e 16h05 – este último encerra viagem em João Pessoa.

A Companhia informa ainda que continuará mantendo os trens circulando com as janelas abertas, para facilitar a circulação de ar, como mais uma medida de prevenção à Transmissão do COVID-19.

Por fim, a CBTU João Pessoa afirma que tão logo receba novas diretrizes dos órgãos oficiais de saúde para o enfrentamento do problema, não medirá esforços para atendê-las.

Foto: divulgação / CBTU
Foto: divulgação / CBTU

 

 

Assessoria

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Tovar deixa discussão política para 2º plano: “Preocupação é salvar vidas”

O secretário de Planejamento de Campina Grande, o deputado estadual Tovar Correia Lima (PSDB), afirmou que esse é o momento de focar no combate à pandemia do coronavírus e não…

Gilmar Mendes nega habeas corpus a Coriolano e mantém tornozeleira

O Supremo Tribunal Federal (STF),  através de decisão do ministro Gilmar Mendes, negou pedido de Habeas Corpus (HC) solicitado pela defesa de Coriolano Coutinho, irmão do ex-governador Ricardo Coutinho. No…