Por pbagora.com.br

O 1º Tribunal do Júri da Comarca de João Pessoa realizará, no próximo mês, o julgamento dos réus Arnóbio Gomes Fernandes, mais conhecido como “Sargento Arnóbio”; Erivaldo Batista Dias, o “Sargento Erivaldo”; Olinaldo Vitorino Marques, vulgo “Sub Olinaldo”; Eliomar de Brito Coutinho, o “Má”; Francisco das Chagas Araújo de Farias, o “Cariri”; Valmir Ferreira Costa, conhecido como o “Cobra”; e Célio Martins Pereira Filho, o “Pê”.

De acordo com denúncia oferecida pelo Ministério Público, o réus são acusados do assassinato do radialista Ivanildo Viana da Silva. Segundo o processo, Ivanildo, no final da manhã do dia 27 de fevereiro de 2015, estava na Sede da Rádio 100.5 FM, em Santa Rita, e quando saiu da emissora em sua moto, em direção a João Pessoa, foi seguido e assassinado em um dos trevos da BR 230.

O julgamento dos réus está marcado para acontecer No dia 27 de fevereiro, a partir das 9h. Dia no qual o crime completa cinco anos.

Investigação

O réu identificado pela alcunha de ‘Má’, que estava na garupa de uma outra moto, teria se aproximado do radialista na rodovia e efetuado os quatro disparos que levaram Ivanildo à morte.

O crime, segundo as investigações, teria sido encomendado pelo Sargento Arnóbio, através da intermédio do “Sargento Erivaldo” e do “Sub Olinaldo”. Os homens apontados como executores teriam cobrado o valor de R$ 75 mil para realizarem o crime.

O valor, ainda segundo o texto do processo, seria colocado na conta do apenado chamado Leonardo José Soares da Silva, o “Bode Roco”, e rateada entre os envolvidos.

 

PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Barbosa renuncia disputa pela CMJP e aguarda resposta sobre vice de RC, em JP

O advogado Antônio Barbosa, um dos fundadores e ex-dirigente do PT na Paraíba, comunicou oficialmente, nesta terça-feira (22), a renúncia de sua intenção de disputar uma das vagas de vereador…

Justiça mantém condenação de ex-prefeito de Barra de Santana

Por decisão da Segunda Câmara Cível do Tribunal de Justiça da Paraíba, foi mantida a sentença na qual o ex-prefeito de Barra de Santana, Manoel Almeida de Andrade, foi condenado…