O presidente da Associação dos Magistrados da Paraíba, juiz Max Nunes de França, logo nas primeiras horas após a invasão de bandidos ao Fórum Des. José de Farias, ocorrida na noite da segunda-feira (25/11), realizou visita ao juiz titular da Comarca de Alagoa Grande, José Jackson Guimarães, que passou pelo episódio de violência em seu local de trabalho.
Os bandidos invadiram o Fórum para roubar as armas de fogo do local. Durante a ação, o juiz e o vigilante do prédio foram rendidos pelos criminosos.
O presidente da AMPB, apesar de celebrar um desfecho positivo do acontecimento, já que tanto o magistrado quanto o segurança saíram do episódio com suas integridades físicas preservadas, alerta para o fato de o juiz ter que se expor a situações de insegurança como esta ocorrida em Alagoa Grande, tendo em vista que é preciso permanecer no Fórum, mesmo até altas horas da noite, para tentar dar conta da prestação jurisdicional.
“Esta, lamentavelmente, é uma realidade presente em outras comarcas do Estado. O juiz trabalha fora do seu horário, seja dentro do Fórum ou, até mesmo, levando processos para avaliar em casa, no intuito de dar conta do serviço”, reforça Max Nunes. “O caso do juiz Jackson Guimarães não é uma exceção, temos uma magistratura dedicada e aguerrida que, mesmo correndo riscos diariamente, dentro de Fóruns com segurança insuficiente, não abre mão de fazer sua parte no andamento dos processos”.
A sociedade paraibana, reforçar o presidente da AMPB, “pode ter a certeza de que, mesmo diante das adversidades, o juiz busca formas de atender a demanda da melhor maneira possível, seja na dedicação incansável ao trabalho, seja na luta por melhor estrutura para o Poder Judiciário”, frisou Max Nunes de França.
Entenda o caso
Um grupo formado por quatro homens invadiu o Fórum de Alagoa Grande, no Brejo paraibano, e roubou armas de fogo e coletes à prova de balas. A quadrilha chegou ao local em um carro roubado. Durante a ação, o juiz e um vigilante do imóvel foram rendidos. O caso aconteceu por volta das 22h da segunda-feira (25).
Uma viatura da Polícia Militar estava nas proximidades do fórum e percebeu a movimentação. Foi iniciada uma perseguição e houve troca de tiros, onde um dos bandidos saiu ferido. Participantes da investida conseguiram fugir, mas abandonaram as armas, os coletes e o veículo pelo caminho. Uma operação conjunta entre as polícias Militar e Civil de Alagoa Grande está realizando diligências na região na tentativa de localizar os fugitivos.
Redação com AMPB
Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Governo Digital facilita o acesso da população a mais de 100 serviços, na PB

O governador João Azevêdo lançou, nesta sexta-feira (6), o Programa Governo Digital, facilitando o acesso da população paraibana a mais de 100 serviços oferecidos pelo Estado por meio do site…

João minimiza ameaças do PSB Nacional: “Legislação tá aí para dizer o contrário”

O governador João Azevêdo declarou na manhã desta sexta-feira, 06, que está tranquilo diante da declaração do PSB de que irá reivindicar na justiça o seu mandato. De acordo com…