Após feminicídio, o casal morto em motel de Campina Grande começou a ser  velado no mesmo cemitério. Os corpos do casal que morreu dentro de um motel, em Campina Grande, começaram a ser velados no final da tarde desta terça-feira (16 na cemitério que fica BR-104, a menos de 1 quilômetro do motel onde marido e mulher morreram. 

Segundo a Polícia Civil,  Aderlon Bezerra de Souza, de 42 anos, é acusado de ter matadp a esposa Dayse Auricea Alves, de 40 anos, a tiros e depois usado a mesma arma para se matar, segundo a Polícia Civil.  Dayse Auricea Alves era secretária de Educação do município de Boa Vista.

A informação foi confirmada pelo irmão de Aderlon, mas não foi confirmado se os dois serão enterrados no mesmo túmulo.

Redação

 


Garanta um desconto especial na sua certificação digital no Juristas Certificados Digitais

 

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Prisão dos vereadores de Santa Rita é tema de reportagem do Fantástico

Neste domingo (17) está previsto para ser veiculado no Fantástico, da Rede Globo, a ação que culminou com a prisão de 11 vereadores da cidade de Santa Rita durante a…

Patrulha Maria da Penha registra mais de 1,2 mil atendimentos em 100 dias, na PB

Os resultados dos primeiros cem dias de atuação da Patrulha Maria da Penha no Estado – 84 mulheres protegidas e mais de 1.200 atendimentos – foram apresentados ao presidente do…