O prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo (PV), ainda não escolheu o nome que figurará como seu sucessor na disputa pela prefeitura de João Pessoa, em 2020, mas, durante entrevista ao programa Arapuan Verdade, na tarde desta sexta-feira (13), avisou que não aceitará que nenhum secretário tente puxar o tapete do outro. Segundo o prefeito, a gestão é integrada, com todas as secretarias tendo que trabalhar sintonizadas para que a gestão dê resultados.

“Eu não aceito fogo amigo de forma alguma. Isso é uma coisa que eu tenho dito. Eu trabalho dialogando muito, tenho conversado com secretários, a gente trabalha com um modelo de gestão que tem muita interface. É comum fazer reuniões com cinco a seis auxiliares para tratar de um projeto específico, por exemplo como o que nós estamos fazendo com o Centro de Educação Integrada, que é um projeto que nasce na ideia na secretaria de Educação, que envolve várias pastas. É dento dessa lógica que a gente conversa. O projeto é um só, a gestão é uma só, e o povo não quer saber de onde vem o problema. Vamos dar as mãos para resolver o problema” ressaltou.

O prefeito admite que na atual conjuntura vários auxiliares já mostraram disposição, que tem competência e capacidade para seguir com o modelo de gestão implementado em 2013 e que deu resultados, mas no momento oportuno, a partir de 2010, irá colocar na pauta o debate político.

“Nessa questão da disputa, eu sei que tem muita gente disposta, temos grandes quadros na gestão municipal, mas de forma alguma vou aceitar que alguém possa estar puxando o tapete de algum companheiro de trabalho”, arrematou.

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

MPT sugere acordo entre patrões e empregados para evitar demissões

A procuradora-chefe do Ministério Público do Trabalho na Paraíba (MPT-PB), Myllena Alencar, sugeriu, como forma de evitar demissões durante o período de suspensão de atividades de algumas empresas, acarretado pelo…

Galdino coloca Eleições 2020 em 2º plano: “Estou preocupado em escapar do coronavírus”

O presidente da Assembleia Legislativa da Paraíba, Adriano Galdino (PSB), decidiu colocar em ‘stand by’ toda e qualquer definição sobre apoio e articulações na disputa municipal desse ano, sobretudo em…