Por meio de vídeo nas redes sociais, o prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo, anunciou, nesta quinta-feira (19), novas medidas de prevenção à disseminação do novo Coronavírus. Durante reunião com o Núcleo Intersetorial, e depois do diálogo com representantes do setor, foi determinado o fechamento de shoppings centers na próxima segunda-feira (23/03), como medida válida por 15 dias, passível de prorrogação.

Em relação ao comércio, o expediente será das 9h às 15h, com diminuição de três horas em relação ao horário comercial, o que irá reduzir ainda mais o fluxo de passageiros no momento de pico. A medida, discutida com representantes da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL-JP), tem início na sexta-feira (20/03), e também será válida para os shoppings populares administrados pela gestão municipal. A decisão não altera o funcionamento de serviços de abastecimento nem de prevenção, como mercados públicos, mercearias, supermercados, padarias, feiras livres, farmácias e postos de gasolina.

Como ação preventiva, o gestor também determinou a abertura de um edital voltado às instituições de longa permanência que acolhem pessoas idosas. Serão destinados R$ 600 mil para aquisição de equipamentos e insumos que contribuam com a prevenção ao coronavírus.

Responsável por atender mais de 2,3 mil pessoas, os Restaurantes Populares da capital paraibana passarão, a partir da sexta-feira (20), a entregar a refeição em marmitas, com a orientação para serem consumidas em casa. No caso específico de pessoas em situação de rua, a alimentação será ofertada gratuitamente nos restaurantes populares, também em recipientes descartáveis, com maior espaçamento entre mesas e rigor na higienização.

O anúncio das novas medidas acontece um dia depois da confirmação do primeiro caso de Coronavírus na Paraíba. “Como fizemos desde o primeiro momento, seguimos dando sequência a um plano integrado de ação, que busca conter a propagação do vírus. Dialogamos com os setores envolvidos antes de fazer as novas recomendações, que buscam restringir, ainda mais, a concentração de pessoas”, disse o prefeito Luciano Cartaxo, em live nas redes sociais.

O gestor destacou, ainda, o anúncio das ações na área de desenvolvimento social. “Em momentos assim, o poder público precisa agir rápido, com serviços e ações que chegam para proteger a população. Como já acontece nas escolas e creches, os Restaurantes Populares estão aprimorando a forma de atendimento ao público, com a oferta da alimentação em recipientes adequados às medidas de prevenção e gratuidade para as pessoas em situação de rua. O esforço precisa ser permanente e coletivo. Só assim vamos conseguir reduzir a transmissão do vírus”, disse.

Edital e novas ações – A Secretaria de Desenvolvimento Social indicou que o edital de R$ 600 mil, anunciado entre a Prefeitura e organizações da sociedade civil (OSC), destina-se aos serviços de acolhimento de idosos em instituições de longa permanência (ILPs). Os recursos serão voltados às medidas de prevenção ao novo coronavírus. O envio das propostas vai até o dia 13 de abril.

Os serviços de apoio à população de rua como o Centro Pop, Ruartes e Consultório de Rua passam por novas medidas de higienização e de reforço na alimentação. O mesmo ocorre com as Casas de Acolhida (crianças, adolescentes, idosos e famílias), que também vêm recebendo novas medidas de prevenção ao novo coronavírus.

 

Assessoria

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Parte das máscaras produzidas por reeducandas será para a Polícia e Bombeiros

Uma parceria entre a Secretaria da Segurança e da Defesa Social (Sesds) e a Secretaria de Administração Penitenciária (Seap) vai garantir que parte da produção de máscaras, realizada por reeducandas…

Energisa oferece vantagens a clientes de média tensão

Devido o cenário atual, com a diminuição do consumo de energia em alguns tipos de estabelecimentos comerciais, a Energisa oferece aos clientes de média tensão a possibilidade que seus estabelecimentos…