Após acusar o jornalista e radialista Fernando Caldeira de ser o mandante do assassinato de três meninos na região metropolitana de Cajazeiras, crime ocorrido há 12 anos, o ex-prefeito Carlos Antônio Araújo de Oliveira  não compareceu à Justiça Criminal em João Pessoa para audiência na Justiça Criminal da Capital para responder ao processo movido pelo comunidacador. 

“Depois que descobri e publiquei que o sr. Carlos Antônio tinha se tornado réu na Operação Andaime e que iria depor na 8a. Vara da Justiça Federal em Sousa, o que de fato ocorreu, o ex-prefeito inventou essa calúnia contra mim e o processei para que ele prove o que diz”, afirmou Caldeira.

O réu  foi citado por oficial de justiça na cidade de Cajazeiras e estava ciente da audiência nesta segunda-feira (13), mas mesmo assim não compareceu.

Como consequência dessa ausência, o Juiz já determinou a marcação de nova audiência, desta vez de instrução e julgamento, quando o assunto deve ser esclarecido e julgado.

 

Redação

 


Saiba mais sobre Certificação Digital no Portal Juristas. Adquira seu certificado digital E-CPF ou E-CNPJ com a Juristas Certificação Digital. Entre em contato através do WhatsApp (83) 9 93826000

 

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

João sanciona lei que obriga uso de máscaras em áreas comuns de condomínios

Ao todo, no DOE deste sábado, três leis foram publicadas com o objetivo de prevenir a disseminação da Covid-19 No Diário Oficial do Estado (DOE) deste sábado (4), o governador…

Covid-19: PB já fez mais de 144 mil testes; 50.765 pessoas já testaram positivo

Com base em novo boletim epidemiológico divulgado nesta sexta-feira (3), a Paraíba já realizou nas últimas 24h, 144.872 testes para diagnóstico da Covid-19. Segundo a Secretaria de Estado da Saúde…