Por pbagora.com.br
 
 

Escolhido por meio de processo seletivo como candidato do Rede Sustentabilidade à prefeitura de João Pessoa, o advogado Carlos Monteiro se comprometeu a reduzir de 23 para apenas dez, o número de secretarias existentes na administração municipal da Capital, caso seja eleito nas eleições do próximo dia 15 de novembro.

Ele justificou que essa redução vai gerar uma economia de cerca de R$ 6 milhões por mês.

Monteiro acrescentou que esses recursos, economizados com a redução de gastos, serão investidos na melhoria da educação, saúde, infraestrutura, entre outras áreas da gestão. Sobre os prestadores de serviços, Monteiro disse que, como prefeito eleito, vai adotar uma gestão do concurso público para guarda municipal, profissionais de saúde, educação, entre outras funções.

As declarações foram veiculadas durante entrevista ao programa Arapuan Verdade, na tarde desta quarta-feira (04).

 

PB Agora

 

 

 
 
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Energisa Borborema tem a mais baixa tarifa de energia elétrica do Brasil

Ranking da Agência Nacional de Energia Elétrica, a Aneel, que inclui 53 concessionárias, apontou a Energisa Borborema, na Paraíba, entre as que possuem a menor tarifa residencial do país. Segundo…

Prefeitura de Sapé convoca mais de 200 concursados no apagar das luzes da gestão

O atual prefeito eleito da cidade de Sapé, Major Sidney, do Podemos, recebeu um presente de grego da atual administração, comandada pelo prefeito Roberto Feliciano, que não conseguiu eleger o…