Em meio à prisão ocorrida ontem (05) de 11 dos 19 vereadores da cidade de Santa Rita, além dos escândalos investigados na Operação Xeque-Mate, em Cabedelo, cidade que também, faz parte da região metropolitana de João Pessoa, eis que surge mais um fato inusitado, para não se dizer preocupante, dessa vez da cidade de Bayeux.

É que apesar da crise que tem reverberado em todas as cidades brasileiras, a Câmara Municipal do referido município, autorizou, no mês de setembro de 2019, o empenho de R$ 17.000,00 por serviços com a pintura do prédio do onde funciona o parlamento da cidade. O detalhe fica por conta da dispensa da licitação.

Vale ressaltar que a edificação não teria mais que 22x20m².

Confira:

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Moradores de Santa Rita denunciam falta de coleta do lixo

Mesmo com contrato firmado entre a Prefeitura Municipal de Santa Rita e a empresa de limpeza urbana Geo Urbana, o lixo do município não estaria sendo recolhido. Até dezembro deste…

Funcionário do Bemais morre em JP com suspeita de coronavírus

Informações chegadas ao PB Agora na tarde deste sábado, 04, dão conta da morte de um gerente de compras da rede de supermercado Bemais. Ainda de acordo com as informações,…