Em meio à prisão ocorrida ontem (05) de 11 dos 19 vereadores da cidade de Santa Rita, além dos escândalos investigados na Operação Xeque-Mate, em Cabedelo, cidade que também, faz parte da região metropolitana de João Pessoa, eis que surge mais um fato inusitado, para não se dizer preocupante, dessa vez da cidade de Bayeux.

É que apesar da crise que tem reverberado em todas as cidades brasileiras, a Câmara Municipal do referido município, autorizou, no mês de setembro de 2019, o empenho de R$ 17.000,00 por serviços com a pintura do prédio do onde funciona o parlamento da cidade. O detalhe fica por conta da dispensa da licitação.

Vale ressaltar que a edificação não teria mais que 22x20m².

Confira:

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Eleitor tem até 6 de maio para regularizar título junto à Justiça Eleitoral

Os brasileiros que estão com o título de eleitor cancelado têm até 6 de maio para regularizar a situação perante à Justiça Eleitoral. Quem perder o prazo, não poderá votar…

Aos 80 anos, morre em JP o ex-prefeito de Santa Rita Marcus Odilon

Faleceu na madrugada desta segunda-feira (24), o ex-deputado e ex-prefeito de Santa Rita, Marcus Odilon. Aos 79 anos, o político estava internado no Hospital Memorial São Francisco desde o último…