Em meio à prisão ocorrida ontem (05) de 11 dos 19 vereadores da cidade de Santa Rita, além dos escândalos investigados na Operação Xeque-Mate, em Cabedelo, cidade que também, faz parte da região metropolitana de João Pessoa, eis que surge mais um fato inusitado, para não se dizer preocupante, dessa vez da cidade de Bayeux.

É que apesar da crise que tem reverberado em todas as cidades brasileiras, a Câmara Municipal do referido município, autorizou, no mês de setembro de 2019, o empenho de R$ 17.000,00 por serviços com a pintura do prédio do onde funciona o parlamento da cidade. O detalhe fica por conta da dispensa da licitação.

Vale ressaltar que a edificação não teria mais que 22x20m².

Confira:

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Vigilância Ambiental intensifica controle da calazar em CG

Os casos de Leishmaniose Canina, conhecida popularmente como Calazar, têm preocupado a Coordenação de Vigilância Ambiental, da Secretaria de Saúde de Campina Grande, que está intensificando o trabalho de coletas,…

Patrulha Maria da Penha registra mais de 1,2 mil atendimentos em 100 dias, na PB

Os resultados dos primeiros cem dias de atuação da Patrulha Maria da Penha no Estado – 84 mulheres protegidas e mais de 1.200 atendimentos – foram apresentados ao presidente do…