A Paraíba o tempo todo  |

Calvário: negado novo pedido de soltura de Coriolano Coutinho

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE

O clima não está favorável para família do ex-governador Ricardo Coutinho (PSB) com a justiça. É que mais uma vez a ministra do Superior Tribunal de Justiça (STJ), Laurita Vaz, decidiu negar um novo pedido para soltura de Coriolano Coutinho, irmão de Ricardo.

Coriolano Coutinho foi preso, de forma preventiva, no dia 29 de janeiro e segue preso desde então. Ele é acusado dos crimes de corrupção passiva e irregularidades em licitações, além da prática de peculato. De acordo com a denúncia, também é acusado de integrar Organização Criminosa (Orcrim) que trata da suspeita da prática de desvio de dinheiro público na gestão do ex-governador Ricardo Coutinho.


No dia 20 de agosto, o ministro Gilmar Mendes já havia rejeitado um pedido de habeas corpus protocolado pela defesa de Coriolano Coutinho no Superior Tribunal de Justiça (STJ) e manteve a prisão. Quatro dias após, em julgamento, o pedido foi negado por unanimidade da Câmara Criminal do Tribunal de Justiça da Paraíba.

Redação

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE
    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      2
      Compartilhe