A Paraíba o tempo todo  |

Cagepa rebate informações sobre qualidade da água de CG

 A Companhia de Água e Esgotos da Paraíba (Cagepa) divulgou nota hoje (13) para rebater informações dadas pelo presidente do Stiupb, Wilton Maia Velez, sobre o açude Epitácio Pessoa (Boqueirão), em Campina Grande.

No último dia 10, Wilton Maia concedeu entrevista na Rádio Campina FM e, na oportunidade, o mandatário teceu alertas sobre a atual qualidade da água do açude Epitácio Pessoa, conhecido como Boqueirão, responsavél pelo abastecimento de Campina Grande e mais 19 munícipios. Segundo ele, a água do açude teria sérios problemas de metais pesados e níveis de poluição que não teriam condições de receber o tratamento adequado.

Na nota, a Cagepa diz que realiza análises fisico-químicas e bacteriológicas da água tratada que abastece a população do Estado, tanto na própria empresa quanto em laboratórios privados. A diretoria da Cagepa lamenta a ação organizada de alguns que, com interesses escusos, tentam causar pânico na população”, diz o texto.

CONFIRA A NOTA

A Companhia de Água e Esgotos da Paraíba (Cagepa) vem a público repudiar a denúncia inverídica e infundada sobre a qualidade da água no açude Epitácio Pessoa (Boqueirão), em Campina Grande. A notícia foi difundida de forma irresponsável, pelo presidente do Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias Urbanas da Paraíba (Stiup-PB), Wilton Maia, nesta semana.

A Cagepa realiza análises fisico-químicas e bacteriológicas da água tratada que abastece a população do Estado, tanto na própria empresa quanto em laboratórios privados. Para esclarecer e extinguir de forma idônea o boato provocado pelo sindicalista, a Companhia realizou, recentemente, mais duas coletas e análises: segundo os laudos, todos os parâmetros de agrotóxicos e metais pesados estão dentro dos limites aceitáveis preconizados pela resolução do Conselho Nacional do Meio Ambiente (Conama); a maioria, inclusive, sendo detectada em níveis zerados pelo exame.

A diretoria da Cagepa lamenta a ação organizada de alguns que, com interesses escusos, tentam causar pânico na população.

 

Ascom

PUBLICIDADE
    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      0
      Compartilhe