A Paraíba o tempo todo  |

Cagepa diz que buraco no bairro dos Estados foi para sanar vazamento causado pela PMJP

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE

A direção da Companhia de Água de Esgotos da Paraíba (Cagepa), emitiu nota nesta quarta-feira (28) onde esclarece acerca da infrmação publicada pela  Prefeitura Municipal de João Pessoa sobre a aplicação de uma multa por conta de um buraco na Avenida Espírito Santo.

De acordo com a nota, o vazamento ocorrido na referida avenida se deu por conta da trepidação das máquinas utilizadas pela própria prefeitura dias atrás e que a vala foi aberta e fechada no mesmo dia, restando apenas a etapa de recapeamento asfáltico.

Confira a bota na íntegra:

Nota de Esclarecimento

A propósito da informação publicada pelo site da Prefeitura Municipal de João Pessoa sobre a aplicação de uma multa, a Cagepa esclarece:

1) A equipe de manutenção precisou abrir uma vala na Avenida Espírito Santo, no Bairro dos Estados, para a retirada emergencial de vazamento em um trecho do emissário da rede de esgoto;

2) O vazamento foi causado pela trepidação das máquinas pesadas utilizadas pela Prefeitura Municipal de João Pessoa, dias atrás, para a execução de obras de recapeamento asfáltico da via;

3) O serviço para a retirada do vazamento foi iniciado e concluído ontem (27), restando apenas a última etapa do processo de recapeamento asfáltico, que será concluída até esta sexta-feira (2).

4) A empresa ainda não foi notificada.

A DIRETORIA

Entenda:

A Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP) multou, nesta quarta-feira, 28, a Cagepa pela abertura de um buraco na Avenida Espírito Santo, no Bairro dos Estados. A rua havia passado por um processo de recapeamento há cerca de 20 dias, quando a PMJP investiu R$ 128.342,01 na recuperação de toda a extensão da via. O valor aplicado da multa ao órgão estadual é de R$10.000. A Cagepa terá dez dias, a contar do prazo de notificação, para apresentar defesa e provas.

Cagepa escavou uma vala de cerca de dez metros de comprimento e dois metros de profundidade para fazer uma correção de um vazamento na rede, segundo órgão. Além da multa, o órgão será o responsável pela reparação dos danos como a aplicação da nova camada asfáltica no local.

Para o secretário de Infraestrutura da PMJP, Cássio Andrade, a escavação pode trazer prejuízos futuros para moradores e pessoas que transitam pela via. “Essa rua foi recentemente recapeada e essas valas são de difícil reaterro, de execução e normalmente o material que é empregado na recuperação do pavimento não é da mesma qualidade que o empregado pela PMJP. Uma obra mal feita deve se tornar um ponto crítico, uma vez que essa vala pode abrir e ainda causar uma depressão no pavimento. O resultado seriam prejuízos para todos que passam pela 

PB Agora

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE
    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      0
      Compartilhe