Por pbagora.com.br

 Responsável pelo abastecimento de água de Campina Grande e mais 19 municípios do Compartimento da Borborema, o açude Epitácio Pessoa em Boqueirão, ainda vive em uma situação crítica e preocupante. A água acumulada no reservatório não é suficiente para garantir o abastecimento as populações sem o risco do racionamento.

 
Mesmo com as últimas chuvas caídas na Paraíba, especialmente na região do Cariri do Estado tendo levado água do rio Taperoá para o açude Epitácio Pessoa, o volume de água do açude ainda é considerado muito baixo. Os dados da Agência Executiva de Gestão das Águas (AESA), ratificam a preocupação da população. 
Com apenas 32% de sua capacidade de armazenamento o Açude de Boqueirão enfrenta a maior seca dos últimos 10 anos. O reservatório amanheceu a última sexta-feira (24) com 131.755.531 milhões de metros cúbicos, bem menos da metade de sua total capacidade de armazenamento que é de 411.686.287 milhões de metros cúbicos. Alguns especialistas afirmam que a chamada reserva util do açude está abaixo dos 17%.
 
A expectativa é que nos próximos dias o manancial possa receber um grande aporte de água. O engenheiro da AESA Isnaldo Cândido, lembrou que Boqueirão continua perdendo em média, 2 centímetros de água por dia com a evaporação e o consumo. A boa notícia é que este ano o açude já recebe várias recargas de água.
 
Em fevereiro deste ano, o açude Epitácio Pessoa em Boqueirão, recebeu uma carga nova de água de 4 centímetros. Isso correspondeu a 536 mil metros cúbicos de água, quantidade equivalente a quase dois dias de consumo e evaporação. De acordo com o coordenador do Departamento de Obras contra a Seca (Dnocs) em Boqueirão, Everaldo Jacobino de Moura, a recarga de 4 cm foi ocasionado pela água que correu através de riachos localizados na bacia do açude.
 
De acordo com a meteorologista da Agência Executiva de Gestão das Águas (AESA), Marlem Bandeira, a tendência é que Boqueirão continue recebendo água este mês, visto que a previsão é de mais chuvas. No final do ano passado, ele recebeu uma recarga de aproximadamente 2 milhões de m3, algo equivalente a sete centímetros de sua lâmina.
 
O açude construído há quase 54 anos na cidade de Boqueirão, pelo então presidente Juscelino Kubitschek, Boqueirão é fonte de abastecimento para mais de um milhão de paraibanos e exerce grande importância econômica para a região. Considerado por muitos como um oásis em pleno Cariri paraibano, o açude Epitácio Pessoa é a principal fonte de sobrevivência para os paraibanos que vivem no Semiárido da Paraíba, região mais seca do estado suscetível a longa estiagem.
 
Severino Lopes


PB Agora
 

Notícias relacionadas

João anuncia R$ 12 milhões para construção de 1.500 cisternas em 39 cidades da PB

O governador João Azevêdo assinou, nesta segunda-feira (19), os contratos para implantação de 1.500 cisternas em 224 comunidades localizadas em 39 municípios paraibanos. As ações serão executadas pelo projeto Cooperar,…

Lei de autoria de Wilson Filho estabelece regras para Black Friday na Paraíba

O mês de novembro é marcado no comércio pelas promoções denominadas de Black Friday. Quem aderir à campanha a partir da próxima edição deverá ficar atento às novas regras em…