Por pbagora.com.br

O Ministério Público de Alagoas apura denúncias de que um grupo de bombeiros desvia material doado a moradores atingidos pelas chuvas no Estado. O esquema seria coordenado por um coronel, um capitão e um tenente da corporação. Segundo a denúncia, feita por um integrante do próprio Corpo de Bombeiros, foram desviados carregamentos de sandálias de dedo, sabonetes, objetos de uso pessoal e até talheres. As informações são do jornal O Globo.

As doações eram desviadas durante o transporte em direção ao quartel do Corpo de Bombeiros, onde é feita a triagem dos donativos que chegam de todas as regiões do País para distribuição às cidades atingidas. Em vez de levar as doações ao local determinado, os bombeiros participantes do esquema seguiam para outro galpão, onde escolhiam os objetos que queriam. O material que sobrava era destinado para a distribuição às vítimas. O MP investiga ainda se políticos participam do esquema. O objetivo seria trocar os objetos doados por votos nas eleições de outubro.

 

Terra

Notícias relacionadas

Índice de inadimplência dos MEIs na PB chega a 44% em fevereiro

Um levantamento realizado pela Unidade de Gestão Estratégica e Monitoramento do Sebrae Paraíba aponta que, em fevereiro deste ano, 44,25% dos microempreendedores individuais do estado estavam inadimplentes em relação ao…

TJPB nega recurso e prefeitura de Bayeux deve conceder gratificação à professora

“A mera alegação de ausência de previsão orçamentária para a implementação da gratificação na remuneração da autora não é capaz, por si só, de exonerar a Administração Pública de cumprir…