Por pbagora.com.br

“Poderíamos aproveitar essa pandemia para unificar as eleições”. A defesa é do deputado estadual Cabo Gilberto (PSL), que acredita que esse momento em que o país todo sofre com o novo coronavírus poderia ser aproveitado para mudanças na legislação eleitoral. Segundo ele, ‘Ninguém aguenta mais eleições a cada dois anos’.

A prorrogação dos atuais mandatos dos prefeitos e vereadores para 2022, quando acontece a escolha dos novos deputados, senadores, governadores e presidente seria inédita no país e geraria uma economia enorme aos cofres públicos, que não mais necessitaria gastar com eleições a cada dois anos, mas sim de quatro em quatro anos.

“Ninguém aguenta mais eleições a cada dois anos, então podíamos aproveitar essa pandemia para unificar as eleições”, destacou. As declarações do parlamentar repercutiram no programa Arapuan FM, nesta segunda-feira.

Na semana passada, em entrevista sobre o mesmo tema, o governador da Paraíba, João Azevêdo (Cidadania), considerou precoce a discussão e acredita que o pleito não deve ser unificado agora.

 

PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

OUÇA: Walber Virgolino ameaça mostrar inquérito contra candidato à PMJP após provocação por ‘defender corrupção’

O deputado estadual e pré-candidato à prefeitura de João Pessoa, Walber Virgolino (Patriota) entrou em rota de colisão com integrantes de um grupo de whatsapp, neste domingo (20), após a…

Site nacional do PT ignora Anísio Maia e destaca apoio da sigla a RC

Em nota intitulada “Sobre a situação eleitoral em João Pessoa”, a executiva nacional do Partido dos Trabalhadores ratificou em seu site oficial o apoio integral da sigla à candidatura do…