Por pbagora.com.br

A fiscalização da Autarquia de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon-PB) realizada em João Pessoa durante o período da Black Friday resultou na autuação de 40 lojas. Ao todo, a comissão visitou 70 estabelecimentos comerciais na Capital, com o objetivo de verificar se as normas propostas pelo evento promocional estavam sendo cumpridas.

Além das 40 autuações, mais sete lojas receberam um auto de constatação. Elas terão 10 dias para apresentarem suas defesas administrativas. O setor de fiscalização do Procon-PB contou com as parcerias da Comissão de Defesa do Consumidor e da Assessoria Jurídica da OAB/PB, além dos alunos dos cursos de Ciências Contábeis e Gestão Financeira da faculdade Iesp.

“Este ano foi mais um no qual o Procon-PB foi a campo com as equipes de fiscalizações com o objetivo de salvaguardar os direitos do consumidor que durante essa promoção ficaram atentos a todos os detalhes, estando a postos e verificando ‘in loco’ as denúncias”, afirmou a superintendente do Procon-PB, Késsia Cavalcanti.

O consumidor pode continuar a fazer sua denúncia através da plataforma consumidor.gov.br, pelo portal da Cidadania (através da aba “Registrar Denúncia Procon”), acessar ao site www.procon.pb.gov.br ou ligar gratuitamente para o número 151.

 

Secom

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

João Pessoa lidera registro de novos casos de covid-19 nesta sexta-feira

A cidade de João Pessoa continua sendo a que mais registra casos de contaminação pelo novo coronavírus (covid-19) diariamente. Nesta sexta-feira (27), os 363 casos confirmados estão distribuídos por todos…

Covid: Saúde de JP diz que não permitirá que bares virem casas de shows

Com o intuito de evitar aglomerações e combater a disseminação do novo coronavírus, a Prefeitura Municipal de João Pessoa disse que não permitirá que bares e restaurantes se transformem em…