Por pbagora.com.br

Nas próximas horas, o barco pesqueiro que naufragou na manhã desta sexta-feira (20), no terminal vizinho ao Porto de Cabedelo, deverá ser retirado da água e transferido pra terra.

Quem confirmou a informação foi o Capitão Abrantes,  integrante da Capitania dos Portos da Paraíba. Ele informou que a embarcação está sendo ‘reflutuada’ e, posteriormente passará por uma inspeção, para que seja avaliado qualquer indício do que possa ter provocado seu afundamento.

 

Abrantes revelou ainda, que o barco poderá voltar a funcionar normalmente, caso seja de interesse do proprietário, no entanto, para que isso aconteça, uma inspeção minuciosa será realizada para constatação das reais condições de funcionamento do barco.

 

“Como toda parte de máquinas ficou submersa, então pode demorar um certo tempo para que este barco reestabeleça as condições de operação”, revelou ele.

 

O ‘Pesqueiro Imperador’ não possuía tripulantes quando afundou. Segundo a nota da Capitania dos Portos, a embarcação trata-se de um barco, no entanto, o capitão de fragata, Victor Jerônimo Buarque de Paula, afirma que, neste caso, tecnicamente, não há diferenças entre barco e navio.

 

De acordo com o capitão, o barco pesqueiro tem aproximadamente 30 metros. Ainda não há informações sobre o que teria provocado o naufrágio. A primeira hipótese é de que o incidente tenha ocorrido por falta de manutenção na embarcação. “Vamos instaurar um inquérito para apurar as causas. Estamos focados na tentativa de retirar o óleo da embarcação”, ressaltou o capitão.

 

A Companhia Docas/PB e a Transpetro prestam apoio na área, por meio da instalação de barreiras de contenção, com o objetivo de minimizar os efeitos da poluição. A expectativa é de que as equipes de inspeção naval consigam remover o óleo do barco antes que haja vazamento.

 

Também trabalham na localidade, equipes do Ibama e Petrobrás. Apesar do susto, não houve registro de feridos. Ainda não foi divulgada a quantidade de óleo despejada no mar de Cabedelo.

Redação com Correio

Notícias relacionadas

Covid: PB registra mais de mil novos casos e 24 mortes nas últimas 24h

A Secretaria de Estado da Saúde (SES) registrou, nesta terça-feira (20), 1.072 casos de Covid-19. Entre os confirmados hoje, 80 (7,46%) são casos de pacientes hospitalizados e 992 (92,53%) são…

Vacinação contra covid-19 volta a ser suspensa em JP por falta de doses

A campanha de vacinação contra a Covid-19 volta a ser suspensa em João Pessoa, nesta quarta-feira (21), após o esgotamento das doses de imunizantes, que são comprados e distribuídos pelo…