Quarenta e nove praias do litoral paraibano estão apropriadas ao banho, de acordo com o relatório semanal de balneabilidade elaborado pela Superintendência de Administração do Meio Ambiente (Sudema). A qualidade da água varia entre excelente, muito boa e satisfatória.

 

Em João Pessoa, os banhistas devem evitar o banho na praia do Cabo Branco, no trecho da rotatória, na final da avenida Cabo Branco (100 m a direita e 100 m esquerda).

 

Evitar também a praia de Costinha, localizada no município de Lucena, nas imediações da Rua Santo Antônio.

 

Já no município de Pitimbu, evitar a praia de Pitimbu, nas proximidades do fim da Rua da Paz. Deve-se evitar também a praia do Maceió, no trecho que fica 100 metros à direita e à esquerda da desembocadura do Riacho do Engenho Velho. Na praia de Acaú/Pontinha, é bom evitar o banho nas proximidades do riacho Arame.Evitar a praia do Guarita, 100 metros à direita e à esquerda da desembocadura da lagoa. E também a praia Ponta de Coqueiros.

 

A autarquia ainda recomenda aos banhistas que evitem os trechos de praias localizados em áreas frontais a desembocaduras de galerias de águas pluviais, principalmente se houver indício de escoamento recente.

 

A equipe da Coordenadoria de Medições Ambientais da Sudema divulga, uma vez por semana, a situação de balneabilidade das 56 praias, por meio de coleta de material para análise nos municípios costeiros do Estado. Em João Pessoa, Lucena e Pitimbu, que são praias localizadas em centros urbanos com grande fluxo de banhistas, o monitoramento é semanal. Nos demais municípios do litoral paraibano a análise é realizada mensalmente.

 

Redação

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Paraibano lança curso ensinando fazer robôs em plataforma internacional

Todos nós conseguimos perceber mudanças cada vez mais velozes no mundo. Em menos de uma década, passamos dos computadores de mesa e ambientes conectados apenas através de cabos para uma…

Faleceu neste domingo em João Pessoa o desembargador Júlio Paulo Neto

Faleceu na noite deste domingo (26), em João Pessoa o desembargador aposentado Júlio Paulo Neto. Aos 80, ele foi vítima de insuficiência renal. Júlio estava internado na Clinepa para tratamento…