O Sindicato dos Bancários da Paraíba solicitou nessa quinta-feira (19) ao governador João Azevedo, medidas efetivas para a suspensão do atendimento presencial, bem como todo e qualquer serviço em que ocorra aglomeração de pessoas nas agências, como forma de combate à Pandemia do Coronavírus.

O pedido visa preservar todos os funcionários, vigilantes, prestadores de serviços, fornecedores, clientes e usuários de serviços do contágio pelo Coronavírus.

De acordo com uma fonte ouvida pelo PB Agora, clientes recém chegados de países com circulação do vírus continuam indo às agências para resolver questões que poderiam ser realizadas de forma online, além do registro de algumas queixas pois as agências estão limitando o número de pessoas que podem entrar por vez.

PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Paraibano diz que é hora do Congresso começar a analisar impeachment

O deputado federal Frei Anastácio (PT/ PB) repudiou o pronunciamento feito ontem, pelo presidente da República, em cadeia nacional, criticando o confinamento e a imprensa, diante da pandemia do Coronavírus.…

João vê com perplexidade ato contra isolamento neste sábado na PB

O governador da Paraíba, João Azevêdo, usou seu perfil numa rede social nesta sexta-feira (27), para demonstrar sua perplexidade diante da possibilidade da realização de manifestação, em João Pessoa, contra…