Por pbagora.com.br

Para encerrar as atividades anuais do Centro Social Urbano de Mandacaru, a Secretaria de Estado do Desenvolvimento (Sedh), realizou, na tarde desta quarta-feira (20), o Auto de Natal encenado pelos idosos que durante todo o ano participam de ações desenvolvidas para a melhoria da qualidade de vida da população que está em situação de vulnerabilidade social. Cerca de 150 idosos assistiram diversas apresentações, entre elas, a peça de teatro – Noite Feliz, a Barca Naucatarineta – Santa Marina.

 

Na plateia, o ator José Dumont, que está na Paraíba participando das gravações da próxima série da Rede Globo de Televisão, e foi prestigiar a apresentação da peça teatral, na qual o irmão dele, conhecido por Silva, fez o papel de José. Ele elogiou a iniciativa do Governo do Estado, por meio da Sedh: “Foi algo bonito e comovente. Para os idosos essas atividades fazem manter viva neles a fé, a alegria, a qualidade de vida o aspecto social e o relacionamento com o outro. A Paraíba é um estado louvável a partir dessa consciência de poder que se tem aqui.”

 

Dumont ainda destacou a atenção dada pelo governador Ricardo Coutinho aos idosos e elogiou a implantação do Condomínio Cidade Madura, onde mora o irmão do ator. “É algo de primeiro mundo, de muita qualidade. É isso que acho bacana em Ricardo Coutinho, porque ele olha para a humanidade com os olhos de benfeitor. Eu sei o quanto isso representa para essas pessoas que estão aqui”, observo.

 

Comentou ainda da emoção de voltar ao bairro que já morou. “Lembro o quanto era comum esses tipos de apresentações natalinas, como a lapinha, e hoje me deparo com um cenário que mantém viva a história dos nossos antepassados, e também assistir o meu irmão Silva participando da Barca como José”, enfatizou.

 

A secretária Cida Ramos, por sua vez, lembrou que, em 2030, o Brasil será um país de maioria idosa, e em 2025 a sexta nação com maior população idosa. Ela destacou o trabalho que vem sendo realizado na Paraíba para esse segmento e reafirmou a necessidade de valorização da terceira idade. “Os idosos não podem ser vistos como uma sobrevida ou o fim da vida, mas uma fase que deve ser vivenciada com qualidade. Por isso, nós temos investido em políticas públicas que garantam cidadania, acessibilidade e qualidade de vida para essas pessoas, como o próprio CSU, o Cidade Madura, o Projeto Acolher”, observou

 

E acrescentou: “É importante termos essas atividades; desperta nas pessoas o espírito natalino de solidariedade e amor ao próximo. Além disso, é gratificante o reconhecimento do nosso trabalho por pessoas de projeção nacional, como o ator José Dumont. Isso é uma demonstração de que estamos fazendo da política um instrumento que garante cidadania e transformação da vida das pessoas”.

 

Para a integrante do grupo Nossa Senhora da Conceição, Maria Marta de Sousa, de 74 anos, foi uma satisfação participar do espetáculo. “É emocionante participar desse momento que lembra o nascimento de Cristo, momento que nos traz esperança e fé. Já faz 20 anos que estou no CSU, aqui temos passeios, danças, palestras, oficinas, tudo isso, nos mantém viva. Essa é uma das apresentações mais bonitas que acho. Maravilhosa e muito especial”, afirmou 

 

A noite finalizou com um jantar de confraternização para todos os presentes. Os grupos farão mais uma apresentação do Auto de Natal dos idosos nesta quinta-feira (21), no Cidade Madura de João Pessoa.

 
 
 

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Ambulância capota na BR 230 e motorista sofre ferimentos leves

Na manhã desta sexta-feira (15) , uma ambulância proveniente de João Pessoa capotou na BR 230, km 43, em Santa Rita, próximo a antiga Manzuá. O motorista estava sozinho no…

Corpo de jornalista campinense é enterrado; colegas lamentam perda

Luto na imprensa campinense. O corpo do jornalista campinense Fernando Soares dos Santos, de 53 anos, foi sepultado na manhã desta sexta-feira, sob forte comoçaõ. O cortejo com o corpo…