A Associação de Moradores do Castelo Branco estará realizando na próxima terça-feira, dia 12 de dezembro, a partir da 09h00, o fórum “Precisamos falar da violência no Castelo Branco”. A iniciativa tem como objetivo discutir a violência no bairro que aumentou consideravelmente nos últimos anos.

 

“Sabemos que esse aumento na violência não é uma coisa exclusiva do bairro do Castelo Branco, mas estamos tentando entender isso e a melhor forma para se encontrar uma solução é discutindo o problema com a comunidade e as autoridades que foram convidadas. A partir dessa discussão podemos traçar metas e desenvolver projetos que sirvam para minimizar esse problema, para que ele não cresça mais e o bairro se torne um bairro violento como outros da cidade, mas só conseguiremos isso investindo na educação e é o que estamos fazendo dentro de nossas possibilidades”, diz Lindemberg Brito, atual presidente da Associação de Moradores do Castelo Branco.

 

A programação do fórum será composta por essa grande conversa que envolverá a comunidade, composta por moradores, comerciantes, escolas, unidades de saúde, igrejas, policias da unidade de policia solidária, instituições, além de secretários estaduais e municipais, como também representantes do poder legislativo com atuação ou não no bairro. “Convidamos a comunidade do bairro e também autoridades dos poderes legislativo, executivo e judiciário e esperamos que compareçam para que juntos possamos discutir essa realidade”, fala o presidente da associação.

 

O fórum não se propõem apenas a falar da violência criminalizada. É preciso também discutir outras formas de violência como a falta de merenda na escola, a falta de matérias nos postos de saúde, a invasão imobiliária em praças do bairro, a infra-estrutura precária do mercado público e até mesmo os 30 anos em que a associação ficou fechada servindo a interesses próprios de algumas pessoas! “A violência está enraizada no dia-a-dia do brasileiro, mais tão enraizada que ele nem percebe mais que é violência e precisamos conversar sobre isso, sem a utopia de achar que tudo será resolvido, mas quando conversamos, damos um passo a frente e a sociedade fica atenta, o que já é um ponto positivo”, finaliza Lindemberg Brito.

 

O fórum “Precisamos falar da violência no Castelo Branco” acontecerá na sede social da associação de moradores do bairro que fica localizada na Praça Abdon Milanês, ao lado do mercado público do bairro e será aberto a todos os interessados sem necessidade de inscrição prévia.

Maiores informações

Lindembr Brito (presidente) – 987623574

Orlando Junior (assessor de imprensa) – 998168867/987907108

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Detran e MP seguem com vistorias de transporte escolar neste domingo

O Departamento Estadual de Trânsito (Detran-PB) e o Ministério Público da Paraíba (MPPB) seguem neste domingo (18) com o calendário de vistorias do transporte escolar no estado, programado previamente para…

VÍDEO: com tumor na bexiga, Welington Farias destaca importância do Hospital Laureano

Após passar por procedimento cirúrgico para a remoção de um tumor na bexiga, o jornalista Wellynton Faria, do PB Agora, gravou vídeo ressaltando a importância do Hospital Napoleão Laureano, referência…