Por pbagora.com.br

A Associação dos Produtores de Cachaça de Areia (APCA) vai doar álcool líquido a 70% para a rede municipal de saúde daquele município. O álcool é eficiente para combater vírus, fungos e bactérias.

Essa é a primeira movimentação do setor de cachaça para colaborar no combate ao coronavírus.

O produto vai ser distribuído à população, postos de saúde e hospitais do município paraibano, que é um dos mais importantes polos de produção de cachaça do país.

Vale lembrar que o etanol a 70% pode ser produzido pelos mesmos equipamentos – alambiques ou colunas de destilação – que produzem a cachaça.

Lembrando ainda que não é possível substituir o álcool em gel, que anda escasso devido à grande procura, por álcool líquido porque a versão líquida do produto resseca a pele, podendo ocasionar rachaduras e fissuras na pele, facilitando a infecção pelo coronavírus.

O álcool 70% deve ser usado para higienizar superfícies, equipamentos e objetos em geral.

PB Agora

Notícias relacionadas

Motociclista fica ferido após ser atingido por pneu de caminhão, em JP

Na manhã desta segunda-feira (17), um motociclista ficou ferido após ser atingido por um pneu de caminhão, na ladeira do Cuiá, em João Pessoa. De acordo com as informações o…

Covid: Paraíba confirma 20 mortes e registra 758 novos casos em 24h

A Secretaria de Estado da Saúde (SES) registrou, nesta segunda-feira (17), 758 casos de Covid-19. Entre os confirmados hoje, 18 (2,3%) são casos de pacientes hospitalizados e 740 (97,7%) são…