A Associação dos Produtores de Cachaça de Areia (APCA) vai doar álcool líquido a 70% para a rede municipal de saúde daquele município. O álcool é eficiente para combater vírus, fungos e bactérias.

Essa é a primeira movimentação do setor de cachaça para colaborar no combate ao coronavírus.

O produto vai ser distribuído à população, postos de saúde e hospitais do município paraibano, que é um dos mais importantes polos de produção de cachaça do país.

Vale lembrar que o etanol a 70% pode ser produzido pelos mesmos equipamentos – alambiques ou colunas de destilação – que produzem a cachaça.

Lembrando ainda que não é possível substituir o álcool em gel, que anda escasso devido à grande procura, por álcool líquido porque a versão líquida do produto resseca a pele, podendo ocasionar rachaduras e fissuras na pele, facilitando a infecção pelo coronavírus.

O álcool 70% deve ser usado para higienizar superfícies, equipamentos e objetos em geral.

PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

São João 2020 do Conde é cancelado e dinheiro vai ser usado no combate ao coronavírus

Depois de Campina Grande, Patos e Sumé, agora foi a vez do São João 2020 do Conde, no Litoral Sul da Paraíba, ser cancelado devido a pandemia do coronavírus. De…

Covid-19: o Antagonista repercute posição de secretário contra carreatas na PB

A declaração do secretário de Saúde da Paraíba, Geraldo Medeiros, ao classificar a manifestação dos comerciantes que querem retornar imediatamente ao trabalho de ‘carreata da morte’ ganhou repercussão na imprensa…