A Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB) aprovou, na sessão desta quarta-feira (5), a Medida Provisória (MP) 282/2019, de autoria do Governo do Estado, que institui o Programa Primeira Chance. A matéria, que incentiva à concessão de estágio e iniciação profissional, foi aprovada por unanimidade na Casa.

A criação do programa permite que instituições de ensino implantem ações de incentivo a primeira experiência profissional a estudantes da rede estadual. Ainda de acordo com o texto, ações serão articuladas para a geração emergencial de oportunidades de trabalho para a juventude.

A deputada Cida Ramos, relatora da Medida Provisória, declarou que o programa é uma importante ferramenta de inclusão social e produtiva para os jovens. “Tem um alcance social enorme, além de estar em consonância com os preceitos que determinam todas as legislações educacionais”, avaliou a deputada.

A Casa também aprovou o Projeto de Lei 192/2019, de autoria do presidente da ALPB, Adriano Galdino, para que as empresas forneçam de forma gratuita Equipamento de Proteção Individual (EPI) para o trabalhador da agricultura familiar e/ou trabalhador rural, que estejam expostos a produtos químicos ou biológicos que tragam riscos à saúde.

PEQUENO EXPEDIENTE

Durante o Pequeno Expediente, o deputado Branco Mendes, comemorou, na tribuna do plenário da Casa, o Dia Mundial do Meio Ambiente. No entanto, demonstrou preocupação com os problemas que ainda assolam a natureza. Para o parlamentar, é preciso chamar atenção da população e das autoridades para que olhem com zelo e atuem com o objetivo de proteger as matas, os mananciais e os rio.

Já o deputado Taciano Diniz reivindicou medidas com o intuito de conter o que chamou de “índices assustadores” de mortalidade materna na Paraíba. Para o deputado, o Poder Legislativo precisa abordar o tema com extrema urgência, atuando juntamente com o Secretário de Estado da Saúde, Geraldo Medeiros, assim como, com as secretaria municipais, para compor ações e planos que possam salvar vidas. “Iremos traçar metas e objetivos para que possamos evitar essas mortes maternas. Temos uma tecnologia à frente das prevenções, temos uma rede em cadeia organizada entre os municípios e o estado no setor de obstetrícia, mas precisamos tratar e traçar essas metas o quanto antes”, concluiu o deputado.

 

Assessoria

 


Certificado digital mais barato para advogados e contadores. Clique e saiba como adquirir

 

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Internos do Lar do Garoto são recapturados após fuga, no Agreste da PB

Seis dos 10 internos que fugiram do Centro Educacional Lar do Garoto, na cidade Lagoa Seca, no Agreste paraibano, na noite desta sexta-feira (13), foram recapturados pela Polícia Militar. A…

Deputado Genival Matias destaca importância de início das obras pavimentação asfáltica da PB-200

Ao participar de uma solenidade de autorização do início das obras de pavimentação asfáltica da PB-200, ligando Juazeirinho a Santo André, o deputado estadual Genival Matias (Avante), destacou importância da…