Por pbagora.com.br

A Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB) aprovou, por unanimidade e em caráter de urgência, a Medida Provisória 290, de autoria do pode Executivo, que garante o reajuste salarial de 5% para o servidor público estadual, ocupantes de cargos ou empregos públicos de provimento efetivo, ativos, inativos e pensionistas.

De acordo com o deputado Ricardo Barbosa, líder do governo da ALPB, a aprovação da MP comprova a preocupação da Casa em garantir o bem-estar dos servidores. “Nesse momento de incertezas e angústias, essa MP vem auxiliar e apoiar economicamente os trabalhadores. Outras medidas estão sendo planejadas e outras estão em execução, também nesse sentido de ajudar a população”, disse.

Durante a sessão, também foi aprovada a Medida Provisória 289/2020, que institui o incentivo ao Esporte do Estado, por meio dos programas ‘Paraíba Esporte Total’ e ‘Bolsa Esporte’. A MP, denominado ‘Incentiva Esporte’, tem como finalidade incentivar o futebol profissional masculino da Primeira Divisão do Campeonato Paraibano e os demais clubes e entidades que desenvolvam o desposto e o paradesporto de alto rendimento. Por solicitação do deputado Jeová Campos, será votada, na próxima quarta, dia 20, um projeto de indicação para a inclusão dos paratletas e do futebol feminino na MP 289.

Na próxima quarta, dia 20, será votada ainda, em caráter de urgência, a Medida Provisória 291/2020, de iniciativa do Governo do Estado, que possibilita a remissão e anistia de créditos tributários a algumas empresas da Paraíba, no período de 2002 a 2020. A iniciativa vai beneficiar diversas empresas estaduais, especialmente os pequenos negócios, que tiveram seus ganhos comprometidos consideravelmente desde o início da pandemia do coronavírus.

Produção

Promovendo sessões remotas, por meio de videoconferência, os deputados da ALPB têm feito uma força-tarefa para aprovar o máximo de iniciativas que auxiliem e beneficiem a população paraibana durante esse momento de pandemia. Só no primeiro mês de atividade remota, 482 matérias foram aprovadas no plenário virtual, todas com foco na inclusão social e no cumprimento aos direitos das minorias.

Entre elas, a proibição de suspensão de serviços essenciais como água, luz e telefone por atraso de pagamento durante o período de calamidade; a lei que garante a distribuição de cestas básicas a todos os estudantes da rede estadual de ensino durante o período de paralisação das aulas por conta da pandemia; e a que garante descontos nas mensalidades de escolas e faculdades particulares de 5% a 30% durante o período de calamidade pública;

Também foram aprovadas a Lei que pune a divulgação de Fake News sobre o novo coronavírus e outras pandemias e epidemias; a doação de 100 mil máscaras a hospitais e instituições filantrópicas; além de campanhas e ações contra a violência doméstica e garantia de direitos das minorias durante o período de pandemia, com ações implantadas pelo Governo do Estado após provocação da Assembleia.

 

Assessoria

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Mídia nacional destaca que João Azevêdo não foi alvo da Calvário

Os portais O Antagonista e Pragmatismo político, de repercussão nacional, também desmentiram a informação veiculada em outros veículos nacionais de que o governador João Azevêdo (Cidadania) teria sido alvo da…

Ações de Ruy na prefeitura vão estimular geração de empregos e renda a partir de janeiro

Uma gestão dinâmica com ações para estimular a retomada econômica. É o que propõe o candidato a prefeito de João Pessoa, Ruy Carneiro, já a partir de janeiro de 2021,…