Por pbagora.com.br

Sindiágua-PB comemora arquivamento de MP que visava à privatização da água e do saneamento no Brasil

O Sindiágua-PB, através de seus dirigentes, está exultante com o arquivamento da Medida Provisória nº 844, de autoria do governo do presidente Michel Temer, propondo a privatização dos do fornecimento de água potável e do tratamento de esgotos de todo o Brasil. O barramento da matéria, depois de aprovada pela Comissão Mista do Congresso, deveu-se a forte pressão de parlamentares, sindicalistas e dos movimentos sociais, segundo revela o presidente da entidade, José Reno de Sousa.

Essa iniciativa, segundo o sindicalista paraibano, alterava, totalmente, o marco legal do saneamento, a Lei Nacional de Saneamento Básico, de nº11.445/07, e tinha, co9mo objetivo, desestatizar os serviços de saneamento público brasileiro.

“Foi uma vitória muito significativa, no que contamos com forte participação dos nossos representantes na Câmara Federal, graças ao que conseguimos derrotar, de uma vez, a sanha furiosa do governo golpista de Michel Temer, consorciado com aliados diretos dom governo, recém-eleito, de Jair Bolsonaro”, verbalizou Reno, dizendo-se absolutamente disposto, juntamente com os demais dirigentes do Sindiágua-PB, para retornar ao campo de batalha, caso essa medida venha a ser desenterrada, no futuro governo.

 


Certificado digital mais barato para advogados e contadores. Clique e saiba como adquirir

 

Notícias relacionadas

João anuncia antecipação de 8 milhões de doses para combater Covid

O governador da Paraíba João Azevêdo (Cidadania) anunciou em seu Twitter que a Organização das Nações Unidas (ONU) irá antecipar a chegada de 8 milhões de doses contra a Covid-19…

Covid: Paraíba registra a menor taxa de ocupação de leitos desde o início de março

A Secretaria de Estado da Saúde (SES) registrou, nesta segunda-feira (19), 904 casos de Covid-19. Entre os confirmados hoje, 37 (4,09%) são casos de pacientes hospitalizados e 867 (95,90%) são…