Por pbagora.com.br

Em nota encaminhada a imprensa nesta quarta-feira (1º), o milionário jogador paraibano Hulk lamentou o recebimento do auxílio emergencial por parte de suas duas irmãs, que são empresárias, e que foi amplamente divulgado na imprensa paraibana essa semana.

O jogador disse que ficou sabendo do fato através de seu  assessor de imprensa e também confirmou com as irmãs.

“Infelizmente é verdade. Fiquei sabendo ao ser avisado pelo meu assessor de imprensa. Perguntei às minhas irmãs e elas confirmaram. Não gostei, pois sempre ajudei toda minha família. Reclamei pela atitude, mas cada um é responsável pelos seus atos”, disse ele por meio de nota.

As duas irmãs são empresárias de imóveis na Rainha da Borborema e sócias de empresa de modas, o que não daria o direito de receberem o auxílio emergencial.

Conforme dados do Portal da Transparência do Governo Federal, Givanilda Vieira de Sousa, recebeu R$ 1.200 – valor cedido para quem se apresenta como chefe de família. Enquanto Gilvânia Vieira de Sousa recebeu R$ 600. O valor se refere a primeira parcela do pagamento do benefício. Todas as duas fazem parte do grupo Extra CadÚnico – que são aquelas pessoas que solicitaram o benefício.

 

 

Redação

Notícias relacionadas

PREVIDÊNCIA: IPSEM esclarece pontos de projeto aprovado na CMCG e descarta aumento de alíquota

O presidente do Instituto de Previdência dos Servidores Municipais de Campina Grande (IPSEM), Antônio Hermano, se pronunciou acerca da aprovação na Câmara de Vereadores acerca da correção no valor do…

Covid: 20 mortes foram registradas em 24h; PB já vacinou 1 milhão de pessoas;

A Secretaria de Estado da Saúde (SES) registrou, nesta sexta-feira (07), 1.127 novos casos de Covid-19, em 24 horas. Entre os confirmados hoje, 60 (5,37%) são casos de pacientes hospitalizados…