Por pbagora.com.br

A Promotoria de Justiça Cumulativa de São Bento instaurou, nesta quarta-feira (23), inquérito civil para averiguar a ocorrência de ato de improbidade administrativa devido à suposta prática de fraude em licitação, nepotismo e favorecimento de parentes praticados pelo atual prefeito de São Bento, Jarques Lúcio da Silva II.

A promotoria determinou o levantamento de cargos com relação de parentesco com o prefeito de São Bento, no Sagres do Tribunal de Contas do Estado da Paraíba (TCE-PB). Também será notificado o prefeito e o coordenador de processos licitatórios para que encaminhem, no prazo de 15 dias, todas as licitações realizadas em 2018.

O inquérito foi instaurado para apurar irregularidades que foram noticiadas na última terça-feira (22) no Correio Debate 98-FM, Rde Correio Sat. A informação é do blog Política & Etc.

Notícias relacionadas

Vacinação de profissionais de educação começa hoje em JP; confira os locais

A Prefeitura inicia neste domingo (16) a vacinação contra a Covid-19 dos trabalhadores da educação do ensino basico (creches, pré-escolas e ensino fundamental I) que residam e trabalhem em João…

Previsão do tempo em JP neste domingo deve ser marcada por Sol

Após uma semana inteira de chuvas fortes, o clima na cidade de João Pessoa, neste domingo (16). deve ser marcado pelo Sol, de acordo com a previsão dada pelo Climatempo.…