Por pbagora.com.br

Na luta contra a pandemia da Covid-19, uma grande conquista foi dada com o auxílio para trabalhares informais e autônomos. Mas ainda há muito o que ser feito, conforme defende o deputado federal Ruy Carneiro, para os trabalhadores formais e para as empresas, que estão sem funcionar neste período de crise. Um grande prejuízo para a economia brasileira que deve ser também analisado.

Ruy explicou que a aprovação, na Câmara dos Deputados, do projeto que prevê o pagamento entre R$ 600 e R$ 1,2 mil a trabalhadores e trabalhadoras desempregados e informais por três meses foi um avanço. “Trabalhadores informais e autônomos terão a oportunidade de sustentar suas famílias nesse período de efeitos do coronavírus sobre a economia”, comentou.

Entretanto, o parlamentar afirma ser necessário um plano de apoio mais robusto para diminuir os impactos negativos da quarentena na economia brasileira. “É preciso resolver também a questão dos trabalhadores de carteira assinada. Que estão em empresas que fecharam as suas portas”, comentou Ruy.

O deputado paraibano ainda completou: “É importante, neste instante, dar esse suporte para estas empresas que estão em dificuldade, por que não estão vendendo, e os trabalhadores, por que estão sem renda.”

Redação com Assessoria

Notícias relacionadas

Em Cacimba de Dentro: Aguinaldo entrega ônibus e reforça parceria com gestão

A convite do prefeito Nelinho Costa, do Cidadania, o deputado federal Aguinaldo Ribeiro, do Progressistas, esteve, neste sábado (15), no município de Cacimba de Dentro para realizar a entrega de…

Vacinação de profissionais de educação começa hoje em JP; confira os locais

A Prefeitura inicia neste domingo (16) a vacinação contra a Covid-19 dos trabalhadores da educação do ensino basico (creches, pré-escolas e ensino fundamental I) que residam e trabalhem em João…