A Paraíba o tempo todo  |

Após 18 dias na UTI covid, adolescente de 16 anos recebe alta em CG

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE

Nariana Ketlen, uma jovem de apenas 16 anos, moradora da zona rural de Monteiro, se curou da Covid-19 e recebeu alta do Hospital de Clínicas nessa terça-feira (15), em Campina Grande. A adolescente ficou 18 dias em um leito de Unidade de Terapia Intensiva (UTI), sendo 16 deles intubada. A extubação foi realizada no último dia 7 de junho, em um momento de grande comemoração por parte da equipe.

Nariana foi a paciente mais jovem internada no local. Aliado ao tratamento convencional, enquanto esteve no HC, ela realizou desenhoterapia, e ganhou o carinho dos profissionais. A adolescente também teve dois desejos atendidos, comer sonho e ganhar um bichinho de pelúcia. As ações contribuíram para acelerar a recuperação dela. “O tratamento desenvolvido para Nariana possibilitou trabalhar sentimentos e emoções, proporcionando um maior estímulo de sua evolução”, enfatizou Moisés Lima, coordenador do setor de psicologia da unidade.

Ao sair do hospital, Nariana se emocionou ao reencontrar a mãe. “É uma mistura de alegria e  gratidão. É uma vitória, é o nosso milagre. A gente só entende a dor que as pessoas passam quando passamos pela mesma dor,” disse Anairan Teixeira, mãe da jovem. O caso de Nariana é considerado uma recuperação de extremo sucesso, já que se trata de uma longa internação com estado de saúde muito desfavorável.

O diretor-geral do Hospital de Clínicas, Jhony Bezerra, chamou a atenção dos pais em relação aos cuidados com os filhos. “Mantenham os cuidados dos seus filhos com o uso de máscara e a lavagem das mãos. Não basta só a escola seguir de forma criteriosa, a orientação é válida principalmente para o ambiente doméstico, quando as crianças e adolescentes chegam de algum lugar”, frisou.

O Hospital de Clínicas já realizou 1.200 altas desde julho de 2020.

PB Agora

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE
    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      0
      Compartilhe