Por pbagora.com.br

Após 10 dias detido por força de mandado de prisão temporária, acusado de ter obtido vantagens indevidas e tentado extorquir alguns investigados na Operação Calvário, o comunicador Fabiano Gomes deixou o presídio do Roger na manhã desta quinta-feira, 19.

A prisão de Fabiano era pra ter terminado no último sábado, 15, mas foi prorrogada após decisão do desembargador Ricardo Vital de Almeida.

De acordo com a defesa de Fabiano, que chegou a pedir a liberação imediata do radialista por ele integrar o grupo de risco de contaminação pelo coronavírus, não será necessário alvará de soltura pois a prisão foi temporária e a diretoria do presídio pode liberá-lo sem o documento.

PB Agora

 

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Análise: a menos que surja um fato de grande impacto, dificilmente Cícero Lucena perderá o 2º turno em JP

Cícero Lucena (Progressistas) venceu bem o primeiro turno das eleições para prefeito de João Pessoa.  Com Nilvan Ferreira (MDB), foi para o segundo sob total expectativa, considerando-se que, geralmente, o…

João anuncia conclusão de obra em Cabedelo e autoriza novas ordens de serviço

O governador João Azevêdo autorizou, nesta segunda-feira (23), durante o programa semanal ‘Fala, governador’, transmitido em cadeia estadual pela Rádio Tabajara, as ordens de serviço para início de obras que…