A Paraíba o tempo todo  |

APLP quer que Governo reparta ‘sobras’ do FUNDEB

A Associação dos Professores de Licenciatura Plena da Paraíba (APLP) vem fazendo gestão, desde o começo deste mês, no sentido de repartir prováveis remanescentes financeiros do Fundeb (Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básico e de Valorização dos Profissionais da Educação), referente a 2011, entre professores do magistério público estadual.

Para tanto, a entidade está em permanente contato com a representação paraibana da Central dos Trabalhadores do Brasil (CTB), da qual está coletando subsídios suficientes para alcançar atendimento a mais essa luta em prol da categoria, ao final de mais um Ano Letivo do ensino público estadual. “Seria uma iniciativa de extrema significação para todos nós, posto que estamos com nossos salários, achatados, há bastante tempo”, comemora o presidente da APLP, Francisco Fernandes.

Francisco Fernandes esclarece que todas as providências cabíveis, para que o ‘rateio’ desses remanescentes seja feito, com justiça, entre os professores, nos termos estabelecidos pelo próprio Ministério da Educação, e adianta que a assessoria jurídica da APLP já está a postos no sentido de acionar o Ministério Público da Paraíba (MPPB), se necessário for, bem assim o Tribunal de Contas do Estado (TCE), a se posicionarem sobre a aplicabilidade dessa suposta determinação ministerial.

Enquanto o Governo do Estado não conclui o fechamento da folha de pagamento do funcionalismo, referente a este mês de dezembro, os dirigentes da APLP aguardam respostas que encaminharam, recentemente, aos secretários da Educação e das Finanças, respectivamente, Afonso Scocuglia e Aracilba Rocha.
 

 

Assessoria

PUBLICIDADE
    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      0
      Compartilhe