Por pbagora.com.br

Finalmente uma solução definitiva para o pouco que resta da barreira da Ponta do Cabo Branco. A Prefeitura de João Pessoa garante que o seu projeto será concluído.
Em tempo: não será um projeto de preservação da barreira, até porque praticamente não há mais barreira; também não será um projeto de restauração porque não tem mais o que restaurar. Será um faz-de-conta-que-fizemos…

A pergunta que se faz, bastante oportuna, por sinal, é a seguinte: se havia uma solução, porque esperou-se que a barreira desmoronasse quase por completo, para só depois “solucionar”?

Uma outra perguntinha que também se faz necessária, até porque sabemos como nossos homens públicos em geral agem: o projeto é uma coisa pra valer, ou vai ser um cavalinho de batalha eleitoral daqui pra 2020? Faz sentido, sim! Quem não se lembra da obra da final da Beira Rio, que quase não acaba nunca e foi politicamente explorada com força?

De qualquer maneira, em se tratando de barreira da Ponta do Cabo Branco, se o projeto for mesmo concluído, o prefeito Luciano Cartaxo poderá bater no peito e dizer: “Outros muito falaram e discutiram, mas só eu fiz”.

Foi assim com o pequenino elevado sobre o Rio Jaguaribe, na Beira Rio. Embora tenha demorado quase dois mandatos do prefeito, de fato, a solução para aquele sério problema quem deu mesmo foi Luciano Cartaxo.

Ah, tem também o projeto da Lagoa do Porque Solon de Lucena: não adianta chiar, a melhor solução foi dada por Luciano Cartaxo. O parque, que antes mais parecia uma pocilga, para não dizer um puteiro e ponto de distribuição e consumo de drogas, virou uma coisa que até os turistas aplaudem.

Mas, vamos aguardar a conclusão do tal projeto da barreira.

PS: A Ponta do Cabo Branco nunca foi nem será o ponto mais oriental das Américas. Turistas foram enganados o tempo todo por uma placa ali colocada com a falsa informação, onde fizeram fotos cheios de orgulho: “Você está no Ponto mais oriental das Américas”. Na verdade, o extremo oriental fica embaixo, na Ponta do Seixas.

 

Wellington Farias

PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Em JP: família procura educador físico desaparecido desde o dia 29 de setembro

O educador físico Daniel Alexandre, de 34 anos, está desaparecido desde o último dia 29 de setembro e tem deixado parentes e amigos preocupados na cidade de João Pessoa, Capital…

Em nota, Unimed diz que irá recorrer de decisão que a responsabiliza por golpe em paciente

A Unimed João Pessoa anunciou através de nota que vai recorrer da decisão tomada pela Terceira Câmara Cível do Tribunal de Justiça da Paraíba que manteve sentença do Juízo da…