Estela Bezerra (foto: divulgação)

Por conta da nova fase da Operação Calvário, desencadeada na manhã desta terça-feira, 17, que culminou com a detenção, entre outros, da deputada estadual Estela Bezerra (PSB), a mesa diretora da Assembleia Legislativa da Paraíba se encontra reunida a fim de discutir o pedido de prisão da parlamentar.

É que através de uma decisão do Supremo Tribunal Federal (STF), do mês de maio, ficou definido que as Assembleias Legislativas podem revogar as prisões de deputados estaduais decretadas pela Justiça.

Com isso, a sessão da ALPB que deveria votar o Projeto de Lei Complementar que trata da Reforma do regime previdenciário do Estado, sequer foi iniciada haja vista todos os parlamentares presentes estão na reunião deliberando sobre a prisão de Estela.

A expectativa é que uma nota seja encaminhada à imprensa ainda nesta terça-feira, 17, já que nenhum parlamentar falou com a imprensa.

PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Paraibano diz que é hora do Congresso começar a analisar impeachment

O deputado federal Frei Anastácio (PT/ PB) repudiou o pronunciamento feito ontem, pelo presidente da República, em cadeia nacional, criticando o confinamento e a imprensa, diante da pandemia do Coronavírus.…

Comerciantes fazem carreata para pedir abertura do comércio em João Pessoa

Mesmo com as recomendações dos especialistas para evitar aglomeração de pessoas em tempos de combate ao novo coronavírus, um grupo de comerciantes fez uma carreata para pedir a abertura do…