Por pbagora.com.br
Foto: Assessoria

Assim como o presidente da Assembleia Legislativa da Paraíba, Adriano Galdino já havia adiantado, a ALPB derrubou, nesta quarta-feira, dia 03, o veto governamental ao trecho do Projeto de Lei que garante o desconto nas mensalidades de escolas e faculdades privadas durante a pandemia do novo coronavírus.

O veto do governador João Azevêdo foi ao trecho do projeto que versa sobre as instituições de ensino que estão realizando aulas remotas com professores interagindo com os alunos e cumprindo carga horária determinada.

Votaram a favor da derrubada do veto os deputados:

Adriano Galdino, Bosco Carneiro, Branco Mendes, Buba Germano, Chió, Caio Roberto, Taciano Diniz, Wallber Virgolino, Edmilson Soares, Dra. Paula, Genival Matias, Estela Bezerra, Jeová Campos, Inácio Falcão, Jane Panta, Jutay Menezes, Nabor Wanderley, Lindolfo Pires, Ricardo Barbosa, Pollyana Dutra, Tião Gomes, Wilson Filho e Anísio Maia.

Votaram a favor da manutenção do veto governamental:

Anderson Monteiro, Cabo Gilberto, Manoel Ludgério, Camila Toscano, Tovar Correia Lima e Raniery Paulino.

PB Agora

 

Notícias relacionadas

MPF recorre ao STF contra vacinação de profissionais da educação em JP

O Ministério Público Federal (MPF), através do Vice-Procurador-Geral da República, Humberto Jacques de Medeiros, ingressou com um recurso junto ao Superior Tribunal Federal (STF) para suspender a decisão do desembargador…

Na PB, Bradesco é condenado por cobrança em conta-salário

Por decisão da Terceira Câmara Cível do Tribunal de Justiça da Paraíba foi mantido o valor da indenização de R$ 5.500,00, que o Banco Bradesco deverá pagar, a titulo de…