Por pbagora.com.br

 

 

“O valor das coisas não está no tempo em que elas duram, mas na intensidade com que acontecem. Por isso existem momentos inesquecíveis, coisas inexplicáveis e pessoas incomparáveis”. Com este pensamento do célebre poeta português Fernando Pessoa, o deputado Lindolfo Pires (DEM) iniciou sua justificativa pela concessão da Medalha de Mérito Jurídico Tarcísio de Miranda Burity ao advogado Paulo Américo Maia de Vasconcelos na manhã desta quinta-feira (18.11) na Assembleia Legislativa da Paraíba

“Nosso homenageado faz parte de uma classe de advogados que honram a advocacia paraibana, cuja missão é abraçada com vocação, fé, dignidade, humildade, dedicação e compromisso ético com as pessoas envolvidas nas atividades judiciais”, disse Lindolfo em seu discurso.

O plenário Deputado José Mariz ficou lotado por autoridades, amigos e admiradores do homenageado, que fizeram questão de ressaltar as qualidades e a trajetória ímpar do advogado. À exemplo da viúva do ex-governador Tarcísio Burity, Glauce Burity. “Nos sentimos felizes e emocionados, porque se trata de uma homenagem justa, já que havia uma afinidade entre Tarcísio e Paulo Maia. Eram grandes amigos”, afirmou ela, que lembrou ainda do gosto que os dois tinham pela música clássica e se reuniam todos os sábados para ouvir as obras musicais.

O ex-presidente da Ordem dos Advogados do Brasil – seccional Paraíba (OAB-PB), José Mário Porto falou sobre o caráter e do saber jurídico incontestável de Paulo Maia, que presidiu a OAB-PB por oito mandatos. “Ele sempre representou bem a advocacia em qualquer lugar que ele estivesse. A Assembléia acertou em conceder uma medalha tão importante a um homem de bem da Paraíba, uma das reservas morais da advocacia paraibana”, afirmou Porto.

O homenageado, visivelmente emocionado, ocupou a tribuna para agradecer a honraria concedida pela Casa de Epitácio, e destacou que o sentimento derivava de quatro motivos. O primeiro, pelo local, o plenário que leva o nome de José Mariz, um grande amigo dele. O segundo pela oportunidade do momento, com os trabalhos da sessão especial presididos pelo deputado João Gonçalves (PSDB), que segundo Paulo Maia é um “grande parlamentar da história política de nosso Estado”.

O terceiro motivo elencado pelo homenageado foi pela autoria do requerimento do deputado Lindolfo Pires , que como Paulo Maia tem origem na região do Alto Sertão do Estado. Já quarta razão ele atribuiu ao político e advogado Tarcísio Burity, “uma das grandes figuras que a Paraíba já conheceu”, enfatizou ele.

“Na realidade, outorga-se a comenda não à pessoa de Paulo Maia, mas ao advogado militante”, revelou o homenageado, fazendo uma breve retrospectiva de sua história, inclusive da luta pela anistia e pela redemocratização do Brasil.

Fizeram parte da Mesa, o presidente do Tribunal de Justiça da Paraíba (TJ-PB), Luiz Sílvio Ramalho, o desembargador Joás de Brito Pereira, o advogado Yanko Cirillo representando os amigos do homenageado, o presidente da Fundação Espaço Cultural e filho de Tarcísio Burity Maurício Navarro Burity, representando o Governo do Estado, o prefeito de Santa Rita, Marcos Odilon e o vice-presidente do TRT-PB, Paulo Américo Maia de Vasconcelos Filho.
 

 

Ascom ALPB

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Procon-PB notifica 8 empresas de material de construção de JP

Oito empresas de matérias de construção foram notificadas na última sexta- feira (7) pela equipe de fiscais do Procon-PB, após denúncias de vários consumidores através do disque 151 e redes…

Divulgado resultado preliminar da 1ª etapa da seleção para o Escritório Social

A Secretaria de Estado do Desenvolvimento Humano – Sedh, juntamente com a Escola do Serviço Público da Paraíba (Espep) e a Comissão do Processo Seletivo Simplificado, divulgou neste sábado (08),…