Por pbagora.com.br

“Não bastasse a crise do coronavírus, temos que viver com uma briga no Congresso, que piora o andamento da votação de projetos essenciais para os estados”. O desabafo foi feito pelo governador João Azevêdo (Cidadania), durante entrevista ao programa Arapuan Verdade, na tarde desta terça-feira (28).

Ainda segundo ele, o momento é de garantir o pagamento dos salários e cobrar que o Congresso aprove os recursos para que os estados consigam manter a estrutura de combate ao coronavírus.

“Estamos fazendo o pagamento, mas se comprometer com o aumento é complicado. Nossa meta é manter os pagamentos.”, ressaltou.

 

PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Representantes do PT e PCdoB em JP fecham acordo para não subir no palanque de RC

Apesar da orientação nacional do Partido dos Trabalhadores para apoiar a candidatura do ex-governador Ricardo Coutinho (PSB) na disputa pela prefeitura de João Pessoa, representantes da cúpula petista na Capital…

Comissão da Auditoria de Votação Eletrônica inicia atividades nesta 2ª, às 16h30

Nesta segunda-feira (21), às 16h30, no edifício-sede do Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba (TRE-PB), será realizada a reunião de instalação da Comissão de Auditoria de Votação Eletrônica das Eleições de…