“Não bastasse a crise do coronavírus, temos que viver com uma briga no Congresso, que piora o andamento da votação de projetos essenciais para os estados”. O desabafo foi feito pelo governador João Azevêdo (Cidadania), durante entrevista ao programa Arapuan Verdade, na tarde desta terça-feira (28).

Ainda segundo ele, o momento é de garantir o pagamento dos salários e cobrar que o Congresso aprove os recursos para que os estados consigam manter a estrutura de combate ao coronavírus.

“Estamos fazendo o pagamento, mas se comprometer com o aumento é complicado. Nossa meta é manter os pagamentos.”, ressaltou.

 

PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Em reunião, Kita apresenta a João ações iniciais e pede auxílio para UPA de Bayeux

O prefeito de Bayeux, Jefferson Kita (Cidadania), participou da primeira reunião online com os prefeitos da Grande João Pessoa e o Governador João Azevedo (Cidadania), para discutir as novas medidas…

Desvio no IPAM provoca nova decisão de afastamento contra Berg Lima

O desembargador Joás de Brito Pereira Filho determinou o afastamento cautelar do prefeito do Município de Bayeux, Gutemberg de Lima Davi (Berg Lima), em razão do desvio de recursos do…