O deputado federal Frei Anastácio elogiou a iniciativa do ex-governador da Paraíba e presidente da Fundação João Mangabeira, Ricardo Coutinho, que está convocando a população e autoridades para uma manifestação a ser realizada no dia 1º de setembro, em Monteiro, às 10h, intitulada “SOS Transposição – Grito do Nordeste”.

“Eu estarei nessa manifestação, por entender que se trata realmente de um grito de socorro para a transposição de águas do São Francisco. O governo Bolsonaro não está preocupado com essa obra, que trará benefícios diretos para 35 municípios do estado, incluído Campina Grande”, disse o deputado.

Leia também
RC convoca população para manifestação pela transposição, em Monteiro

Segundo o deputado, depois das declarações do Presidente da República demonstrando clara perseguição aos governadores do Nordeste, especialmente, aos da Paraíba e do Maranhão, ficou claro que todo esse atraso na conclusão da obra se deve à falta de interesse pelo povo do Nordeste. “O presidente Bolsonaro está fazendo uma espécie de vingança contra os nordestinos, região onde ele não obteve vitória nas eleições”, destacou.

O deputado afirmou que novamente, Monteiro precisa ser a Capital da Luta do povo brasileiro, como disse Ricardo, que promoveu, em 2017, a inauguração popular da transposição, com presenças de Lula, Dilma, autoridades e gente de diversas regiões do país.

Canais em estado de abandono

“Monteiro foi a primeira cidade paraibana a receber as águas da transposição no mês de março de 2017. É triste ver que, dois anos depois, os canais da transposição, entre Monteiro/PB e Sertânia/PE, estão apenas com água da chuva. Além disso, apresenta rachaduras em vários pontos, muito lodo e blocos de areia. Encontra-se num estado de abandono, que começou no governo do golpista Temer e prossegue com o presidente da Fake News. Essa situação foi constata pelo Ministério Público, em visita técnica”, lamentou.

Frei Anastácio afirmou ainda que Ricardo Coutinho está de parabéns pela iniciativa de alertar o Brasil para a grave situação em que se encontra a obra de transposição. “Não podemos deixar que sepultem o sonho de um imperador, que foi concretizado pelo operário Luiz Inácio da Silva Lula. Essa obra é uma conquista do Nordeste, é a vida de um povo de 57 milhões de habitantes”, concluiu o deputado.

Além de Anastácio, outros deputados também fizeram questão de enfatizar a importância da iniciativa liderada por Ricardo Coutinho (PSB).

Redação

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Audiência de conciliação sobre elefanta Lady termina com pré-acordo

Uma nova sessão foi agendada para o próximo dia 30, quando a Prefeitura de João Pessoa apresentará avaliação sobre ONG interessada em receber o animal A Justiça Federal na Paraíba…

Paraíba gera melhor saldo de empregos para o mês de setembro em seis anos

O mercado de trabalho paraibano manteve cenário positivo pelo terceiro mês consecutivo do segundo semestre e gerou o maior saldo dos últimos seis anos para o mês de setembro. Com…