Nessa sexta-feira (28) o Tesouro Nacional bloqueou a  cota do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) da Prefeitura de Campina Grande.

O recurso estava programado para integrar o desembolso da Secretaria de Finanças na quitação da folha de pessoal relativo ao mês de setembro.

Por conta do bloqueio integral, a prefeitura realizou o pagamento apenas dos servidores que recebem até R$ 4.800,00. A previsão é que os outros pagamentos sejam realizados na próxima teça-feira.

O bloqueio teria se dado por dívidas antigas resultantes de empréstimos anteriores a gestão de Romero Rodrigues e que se tornaram objeto de uma disputa judicial e técnica desde 2013.

De acordo com o procurador geral do Município, José Mariz a PGM já conseguiu, no âmbito do Judiciário, a decisão do pagamento de 17% sobre apenas 5% da Receita Líquida, para abater débitos inscritos na Dívida Ativa, mesmo assim a AGU recomendou recentemente o bloqueio do FPM.

PB Agora

 


Garanta um desconto especial na sua certificação digital no Juristas Certificados Digitais

 

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Banhistas devem evitar três praias do Litoral paraibano; saiba quais

Os banhistas, durante este final de semana, deverão evitar três praias do Litoral da Paraíba, de acordo com a Superintendência de Administração do Meio Ambiente (Sudema). Segundo o órgão, os…

Dia de Iemanjá é celebrado na Paraíba, neste domingo (8)

Neste domingo (8) é celebrado o dia de Iemanjá, a orixá conhecida por ser a rainha do mar para os devotos de religiões de matriz africana. Há celebrações nas praias…