Por pbagora.com.br

Cerca de 300 agricultores de comunidades das regiões do Agreste, Litoral e Várzea da Paraíba, realizaram manifestação, ontem, (14) na principal rua da cidade de Mogeiro, a 109 km da capital, contra a vice-prefeita do Município e proprietária da Fazenda Salgadinho, Maria Luiza Leonardo Lima Anjos. Segundo a CPT (Comissão o Pastoral da Terra), a vice-prefeita vem praticando violação dos direitos humanos contra as 32 famílias posseiras, com destruição de lavouras, ameaças a trabalhadores e tentativa de homicídios.

A CPT também acusa a vice-prefeita de usas do seu poder na gestão Municipal para proibir a Secretaria de Agricultura do Município de distribuir sementes e horas máquinas para as famílias posseiras da Fazenda Salgadinho. Como protesto, os manifestantes fizeram um mutirão em apoio às 32 famílias de Salgadinho e plantaram sementes de milho e mandioca.
 

Assessoria

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Notícias relacionadas

Semob-JP inicia vistoria de veículos do transporte escolar na quarta-feira

Com o retorno das aulas presenciais na rede privada, a Superintendência Executiva de Mobilidade Urbana (Semob) inicia, na próxima quarta-feira (27), a vistoria nos veículos que prestam o serviço de…

Paraíba recebe mais 16 mil doses da CoronaVac e prepara distribuição

Na tarde desta segunda-feira (25), a Paraíba recebeu mais um lote com 16.600 doses da vacina CoronaVac, que servirá para dar sequência na imunizar de grupos prioritários. A CoronaVac é…