Na tarde desta quinta-feira (9), o advogado e defensor público Levi Borges de Lima foi assassinado em um condomínio localizado na Praia do Paiva, no município do Cabo de Santo Agostinho, na Grande Recife.

De acordo com informações iniciais, a vítima teria sido alvo de uma tentativa de assalto na portaria do imóvel. Dois homens são apontados como autores dos disparos. No local, reside a filha do jurista, a magistrada Andreia Borges.

O advogado, segundo informações da imprensa local, chegou a ser socorrido com vida para a Unidade de Pronto Atendimento de Barra de Jangada, em Jaboatão dos Guararapes, mas não resistiu aos ferimentos e morreu.

Ninguém foi preso.

 

PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Coren investiga distribuição de máscaras inadequadas a profissionais de saúde

O Conselho Regional de Enfermagem na Paraíba (Coren-PB) deve investigar a suposta distribuição de máscaras inadequadas a profissionais que atuam no enfrentamento à pandemia do novo coronavírus (Covid-19) em hospitais…

Vidas x economia: líderes dos comerciários entram em rota de colisão em CG

O duelo social entre preservar a vida ou a economia do país tem sido o debate mais atual diante das medidas de distanciamento social adotadas em consequência da pandemia do…