Segue foragido o homem suspeito de ter assassinado uma professora de Capoeira, no Parque da Liberdade, em Campina Grande, no final da tarde de ontem, sábado (01). A vítima tinha 43 anos e foi atingida por pelo menos cinco tiros, no rosto e na cabeça, na frente de vários alunos.

Ela morreu no local, antes mesmo do socorro chegar.

Testemunhas disseram à polícia que o homem teria fugido do local de mototáxi.

A motivação, tal como a autoria seguem sendo investigadas.

PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Jiboia de 1,5 metro é encontrada enroscada em carro estacionado em Patos

Um achado assustador. A Polícia Ambiental resgatou uma cobra de 1,5 metro que estava enroscada em um carro que estava estacionado às margens do açude Jatobá, nesta segunda-feira (6), em…

TSE é consultado sobre benefício a candidaturas barradas pela Ficha Limpa

Célio Studart quer esclarecer se candidatos condenados em 2012 e que estariam inelegíveis em outubro podem se beneficiar de alteração da data das eleições municipais O deputado federal Célio Studart…