Por pbagora.com.br

Acusada pelo Ministério Público de integrar uma organização criminosa que desviou cerca de R$ 134 milhões da Saúde na Paraíba, no decorrer da Operação Calvário, a prefeita do Conde, Márcia Lucena (PSB), abriu uma “vaquinha on line”, para arrecadar cerca de R$ 300 mil e pagar seus advogados.

“Sei da minha inocência, eu confio na justiça, mas para fazer minha defesa eu preciso de ajuda. Eu vivo do meu salário como prefeita e o patrimônio que eu tenho é a casa que eu moro, herança dos meus pais, e o apartamento que os meus filhos vivem”, disse ela em vídeo, onde relata sua administração e pede que os eleitores a ajudem com a despesa.

CONFIRA

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Paraibano inicia mês de dezembro com conta de luz mais cara

A diretoria da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) decidiu, em reunião extraordinária realizada nesta segunda-feira (30), que haverá cobrança extra na conta de luz dos consumidores a partir desta…

Governo convoca candidatos classificados em processo seletivo para a Fundac

O governo do Estado, por meio da Fundação Desenvolvimento da Criança e do Adolescente Alice Almeida (Fundac), publicou nesta terça-feira (01º), no Diário Oficial do Estado (DOE), a convocação dos…