Por pbagora.com.br

Acusada pelo Ministério Público de integrar uma organização criminosa que desviou cerca de R$ 134 milhões da Saúde na Paraíba, no decorrer da Operação Calvário, a prefeita do Conde, Márcia Lucena (PSB), abriu uma “vaquinha on line”, para arrecadar cerca de R$ 300 mil e pagar seus advogados.

“Sei da minha inocência, eu confio na justiça, mas para fazer minha defesa eu preciso de ajuda. Eu vivo do meu salário como prefeita e o patrimônio que eu tenho é a casa que eu moro, herança dos meus pais, e o apartamento que os meus filhos vivem”, disse ela em vídeo, onde relata sua administração e pede que os eleitores a ajudem com a despesa.

CONFIRA

Notícias relacionadas

Governador João Azevêdo lança Programa Paraíba Mais Sustentável

O governador João Azevêdo lançou, nesta terça-feira (15), o Programa Paraíba Mais Sustentável, com anúncio da construção de espaços destinados à coleta de resíduos sólidos, beneficiando 72 municípios. O lançamento…

Juliette chega à PB de surpresa e tenta manter sigilo para evitar aglomerações

Defensora das medidas restritivas de segurança contra a covid-19, a paraibana Juliette Freire, vencedora do BBB 21  e fenômeno nas redes sociais desembarcou em João Pessoa na manhã desta terça-feira…