Por pbagora.com.br

A Paraíba reabriu muitas de suas lojas esse mês, com diretrizes bem definidas para
garantir a segurança. O consumo online no Brasil, no entanto, parece ter vindo para
ficar. Confira.

O retorno ao que as pessoas estão chamando de “novo normal” está se iniciando no
Brasil, apesar de os números do Covid-19 não serem animadores. Esse mês, a Paraíba já
permitiu a reabertura de muitos espaços, tentando suportar a economia local e nacional nesse momento complexo.

Ainda que muitos empresários da área do varejo tenham optado por abrir loja virtual
além de sua loja física, e que muitas pessoas tenham aproveitando para começar a
vender online nessa fase de confinamento, aproveitando as facilidades oferecidas por
novas funcionalidades como o comércio em dropshipping ou o apoio de uma boa
plataforma comercial online, a reabertura de outros espaços, sem existência virtual, está
sendo encarada com positivismo pelos profissionais desse setor.

Nesse momento, sem deixarem de apoiar a transição digital, os dirigentes do
Fecomércio consideram também necessário que o retorno das lojas físicas se faça de
forma confiante mas com os cuidados essenciais para a redução do contágio e a retomada segura das atividades.

Venha conhecer melhor a transição do comércio para o digital e as preocupações com a reabertura dos espaços comerciais na Paraíba.

Transição digital e o papel das plataformas

Tanto os empresários de negócios já existentes como os empreendedores mais recentes estão olhando pata o digital como forma de garantir rendimentos.

O ecommerce no Brasil tem manifestado um grande crescimento (37,5% em 2019, segundo a Paypal) e poderá continuar crescendo perante o cenário atual, principalmente quando consideramos que existem plataformas e entidades variadas oferecendo apoio no processo.

Nesse momento, um empresário que decida lançar sua marca terá o apoio de
ferramentas como um gerador de nome ou slogan, um gerador de código de barras e
ainda um grande acesso a conteúdos como imagens gratuitas.

Além disso, mesmo quem está menos familiarizado com o funcionamento de uma loja
virtual poderá sempre aproveitar os artigos online, as dicas e, claro, a ajuda de uma
plataforma de ecommerce que ajude em cada passo do processo.

Perante o Covid-19 (e mesmo antes da pandemia), os empresários estão também se
interessando por essa via uma vez que os consumidores brasileiros também estão
demonstrando preferência pelo consumo digital.

Preocupações na reabertura do comércio

Claro que, apesar da tendência para vender online estar se acentuando e de cada vez
mais pessoas comprarem seus produtos numa loja online, a economia brasileira
necessita, também, os espaços físicos reabram para que as atividades sejam
normalmente retomadas.

Marconi Medeiros, presidente da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo
do Estado da Paraíba, revelou que tem algumas preocupações sobre a reabertura, que
ocorreu dia 13 de Julho e quer garantir que tudo decorre de uma forma segura, para que funcionários e clientes estejam seguros.

Existem várias diretrizes para a reabertura, incluindo o distanciamento e o uso de álcool
gel e máscara.

PB Agora

 

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Preço do botijão de gás varia entre R$ 65 e R$ 75, em João Pessoa

A entrega do botijão de 13 Kg, no pagamento à vista, apresentaram preços entre R$ 65 (Parque do Sol Gás e Água- Gramame / Valter Gás-Mangabeira / Casa do Gás…

Fotos: Câmara de Bayeux é notificada para dar andamento a eleição indireta

Na tarde desta quarta-feira (12), a Câmara Municipal de Bayeux recebeu notificação judicial para que seja dado prosseguimento normal ao processo de eleição indireta já deferido em outra ação. A…