Em um tom taxativo, o presidente da Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB), Adriano Galdino (PSB), volou a ameaçar cortar o ponto dos deputados faltosos.  Galdino reafirmou que o parlamentar que não estiver presente terá R$ 800 reais descontado do salário. 

“A partir de amanhã o pessoal que não estiverem presente na hora da votação terão seus pontos cortados, foi uma decisão colegiada com os lideres da maioria,minoria,oposição e situação. Foi uma decisão em consenso entre a presidência e os lideres e vamos cumprir integralmente”, ressaltou Galdino. 

A medida foi adotada após reunião do colegiado líderes, como alternativa para elevar a assiduidade dos deputados em plenário. Para amanhã estão previstas as votações de Medidas Provisórias encaminhadas pelo Governo do Estado, que travam a pauta há pelo menos duas semanas.

Na semana passada, Adriano Galdido garantiu que o deputado estadual que estiver nas dependências da Assembleia Legislativa da Paraíba e, mesmo assim, desfalcar as votações em plenário, terá o ponto cortado.

PB Agora

 


Garanta um desconto especial na sua certificação digital no Juristas Certificados Digitais

 

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Nota: movimentos de direita criticam Julian e apoiam a Bolsonaro

Em nota divulgada nesta segunda-feira (21), movimentos pró-Bolsonaro na Paraíba ratificaram apoio ao presidente e criticaram a postura do deputado federal Julian Lemos, que atualmente é o presidente da legenda…

Bloco Cafuçu deve se tornar Patrimônio Cultural e Imaterial da PB

A Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB) aprovou, nesta terça-feira (22), o Projeto de Lei 570/2019, da deputada Cida Ramos (PSB), que torna o Bloco Cafuçu, realizado no município de João…