O Ministério Público Federal (MPF) está investigando denúncias de irregularidades em obras públicas de pelo menos quatro cidades do Sertão da Paraíba. As portarias dos inquéritos civis que foram instaurados para apurar os casos foram publicadas no Diário Eletrônico do MPF desta terça-feira (11). As irregularidades são investigadas nas cidades de Bonito de Santa Fé, Benardino Batista, Cajazeiras e Bom Sucesso. No total, mais de R$ 1,3 milhão em obras estão sendo apurados pelo MPF.

Na cidade de Bonito de Santa Fé, o MPF investiga possíveis irregularidades na obra de ampliação de um posto de saúde do município. A obra é orçada em mais de R$ 112 mil.

Em Cajazeiras, o MPF apura irregularidades na obra de construção de uma escola municipal no valor de R$ 95,8 mil. No município de Bernadino Batista as denúncias são da existência de possíveis irregularidades na reconstrução e restauração de Unidades Habitacionais. Os recursos investidos na obra ultrapassam R$ 1 milhão.

Na cidade de Bom Sucesso, o alvo são as possíveis irregularidades cometidas por um ex-gestor do município. Um inquérito civil público vai investigar uma representação feita pela atual gestão municipal que aponta falhas cometidas em outra gestão em irregularidades praticadas durante a execução de obras custeadas com recursos da União. As prefeituras ainda não foram notificados da publicação das portarias.

G1

 


Garanta um desconto especial na sua certificação digital no Juristas Certificados Digitais

 

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

TCE dá 60 dias para Prefeitura de Sapé regularizar casos de acumulação de cargos

A 2ª Câmara do Tribunal de Contas da Paraíba decidiu, em sessão desta terça-feira (17), conceder novo prazo de 60 dias para o prefeito de Sapé, Flávio Roberto Feliciano, regularizar…

Julian ignora pesquisa contra Bolsonaro e evita defender presidente

O deputado federal paraibano Julian Lemos, do PSL, conhecido por ser um dos defensores ferrenhos do presidente Jair Bolsonaro (PSL), diferentemente de outras ocasiões em que, por qualquer ataque, tomava…