O presidente da Câmara Municipal do Conde, Carlos Oliveira, mais conhecido como Manga Rosa (MDB), convocou, ontem, três suplentes para assumirem o mandato na Casa. Dois deles vão tomar posse de forma interina, na sexta-feira: Adaílton Cabral (PTB) e Nildo Lacerda (PSB), em substituição aos vereadores Ednaldo Barbosa da Silva, o Naldo Cell (PT), e Malbatahan Pinto Filgueiras, o Malba de Jacumã (Solidariedade), que cumprem prisão domiciliar, com o uso de tornozeleiras eletrônicas para monitoramento.

Outro que foi convocado para assumir o cargo de titular, de forma definitiva, foi o suplente Flávio de Melo, conhecido como Flávio do Cabaré (PR), no lugar do ex-vereador Fernando Antônio Neves de Araújo, o Fernando Boca Louca (PT do B), que renunciou ao mandato parlamentar na sexta-feira passada, alegando motivos de foro intimo.

Com a leitura da carta de renúncia de Boca Louca, a Câmara convocou imediatamente o primeiro suplente, que é o vereador que é Flávio Caberá, que foi preso após denunciar Boca Louca, porque havia contra ele mandado de prisão pendente. Ele foi detido junto com a esposa Janaína da Silva Vieira pelos crimes previstos nos artigos 228 (favorecimento da prostituição ou outra forma de exploração sexual), 229 (casa de prostituição), 230 (rufianismo) e 288 (associação criminosa), todos do Código Penal (CP), informa reportagem do Correio da Paraíba.

O ofício de convocação para assumir o mandato foi enviado para o 5º Batalhão de Polícia Militar, onde ele está preso. A defesa do suplente está tentando reverter a decisão que determinou a sua prisão.

De acordo com o procurador da Câmara Municipal do Conde, João Luiz Sobral, o primeiro suplente terá um prazo de 15 dias da convocação para tomar posse. Se passar este prazo e ele não se apresentar, será convocado, automaticamente, oo segundo suplente Luiz Silveira de Paula, o Luiz de Bihino (PR).

Já em relação aos dois suplentes convocados para assumir de forma interina, no lugar dos dois vereadores presos a semana passada na Operação Cavalo de Tráia, suplente Adailton Cabral, que obteve 295 votos, foi convocado para assumir a vaga de Malba de Jacumã. Já o suplente Nildo Lacerda no lugar de Naldo Cell.

Malba e Naldo Cell são suspeitos de participar de um esquema de corrupção envolvendo a devolução de salários pagos a assessores contratados sem concurso público. Além deles, outros vereadores estão sendo investigados na operação conjunta deflagrada pela Delegacia de Combate ao Crime Organizado (Deccor), da Polícia Civil da Paraíba, e pelo Grupo de Atuação Especial Contra o Crime Organizado (Gaeco) do Ministério Público da Paraíba (MPPB).

 

Fonte: Correio da Paraíba

 


Leia mais notícias sobre o mundo jurídico no Portal Juristas. Adquira seu certificado digital E-CPF ou E-CNPJ com a Juristas. Entre em contato através do WhatsApp (83) 9 93826000

 

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Imagens flagram homem se masturbando perto de mulheres em rua de CG

“Atentado ao pudor”. Imagens de uma câmera de segurança flagraram a ação de um homem que teria tentado estuprar duas jovens na tarde de ontem, quarta-feira (21), no bairro Malvinas,…

Operação na PB cumpre mandados por tráfico, homicídios e roubos no Cariri

Combate ao crime. Uma operação desencadeada pelas Polícias Civil e Militar e Corpo de Bombeiros cumpre 39 mandados de busca e apreensão, prisão temporária e prisão preventiva. A operação acontece…