A Justiça da Paraíba manteve a prisão de um homem de 22 anos, suspeito de estelionato. Ele foi preso por força de um mandado de prisão preventiva após ser investigado por golpes em cidades da Paraíba e também no Rio de Janeiro.

O acusado estava na carceragem da Central de Polícia Civil desde a prisão e vai ser encaminhado para a Penitenciária de Segurança Máxima Padrão, em Campina Grande.

O suspeito foi preso na última sexta-feira (10), em Campina Grande, após almoçar com o colunista social da cidade. Ele foi localizado após a Polícia Civil ver uma foto dele com o colunista.

 

O advogado que faz a defesa de acusado disse que já havia um conhecimento do mandado de prisão e que o seu cliente havia se comprometido em se apresentar na comarca de Alagoa Grande nesta terça-feira (14), dia em que o juiz de comarca estaria presente na cidade. O advogado também disse que o caso ainda é investigado e que não houve denúncia do Ministério Público.

Redação

 


Saiba mais sobre Certificação Digital no Portal Juristas. Adquira seu certificado digital E-CPF ou E-CNPJ com a Juristas Certificação Digital. Entre em contato através do WhatsApp (83) 9 93826000

 

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

15 novas lombadas eletrônicas: Dnit prevê aumento de multas na PB

Quinze lombadas eletrônicas começaram a multar na cidade de Cabedelo e região metropolitana de João Pessoa. De acordo com o superintendente substituto do Departamento Nacional de Infraestrutura (Dnit) na Paraíba,…

Vereador mais votado em CG é preso na Operação Famintos

Vereador mais votado em Campina Grande com quase cinco mil votos, Renan Maracajá (PSDC foi preso na manhã desta quinta-feira (22) em desdobramento da Operação Famintos. O vereador foi preso…