Nesta segunda-feira (13), o Conselho Regional de Medicina (CRM-PB) interditou o trabalho dos médicos na UPA de Cruz das Armas.

A medida aconteceu após uma fiscalização na unidade de saúde que constatou várias irregularidades que impedem o trabalho dos médicos.

A interdição passa a valer a partir da meia-noite desta terça-feira (14).

De acordo com informações do CRM, foram constatadas falta de segurança, risco de agressão a médicos e à equipe de enfermagem, falta de insumos, como medicamentos, escala médica incompleta e não atendimento à notificação do CRM.

A prefeitura teve um prazo de 10 dias para regularizar a situação mas não solucionou os problemas.

"Algumas médicas, inclusive, estavam levando os seus maridos para tomarem conta delas por causa do risco de serem agredidas", disse o diretor de fiscalização do CRM, João Alberto.

""

PB Agora


Garanta um desconto especial na sua certificação digital no Juristas Certificados Digitais

 

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Na PB, representantes de conselhos se unem contra PEC de Bolsonaro

Tramita no Congresso Nacional a Proposta de Emenda Constitucional (PEC) 108/2019, do Governo Federal, que, se aprovada e sancionada, pode enfraquecer ou até mesmo levar a extinção conselhos profissionais e…

Curso Formação de Formadores, na capital, terá a participação de 4 ministros do STJ

Quatro ministros do Superior Tribunal de Justiça (STJ) confirmaram presença no Curso Formação de Formadores – Nordeste 1, Nível 1, Módulo I, que será realizado em João Pessoa nos dias…