O Vaticano fez um "recall" das medalhas oficiais do primeiro ano do pontificado do papa Francisco devido a um erro de grafia no nome "Jesus" – a letra "L" foi cunhada no lugar da "J".

As medalhas haviam sido fabricadas em ouro, prata e bronze pelo Instituto Poligráfico e Zecca do Estado italiano. As peças estavam em circulação desde o último dia 8, dentro de entidades como a Administração do Patrimônio da Sé Apostólica (Apsa) e a Livraria Editora Vaticana.

Obra da artista Mariangela Crisciotti, a medalha contém a imagem de Jorge Mario Bergoglio, com a inscrição "Franciscus Pont. Max. An.I". No verso da moeda, há a inscrição "Vidit ergo Jesus publicanum et quia miserando atque aligendo vidit, ait illi sequere me", na qual a letra "J" da palavra "Jesus" foi trocada por um "L".

Questionado pela agência Ansa de quem era a responsabilidade, o Instituto Poligráfico respondeu: "Não é nossa. Recebemos do Vaticano o material original". "Quando é um projeto nosso, verificamos tudo. Mas, nesse caso, o projeto chegou pronto e nós o pegamos e fabricamos", explicou a instituição.

 

IG com Ansa

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário